Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/18757
Title: Condicionalismos da adesão desportiva : o caso da piscina do clube desportivo do Instituto D. João V
Authors: Silva, Carlos António Jacinto da 
Orientador: Marivoet, Salomé
Keywords: Natação; Sociologia do desporto; Imagem corporal; Adesão desportiva
Issue Date: 2004
Keywords: Natação; Sociologia do desporto; Imagem corporal; Adesão desportiva
Issue Date: 2004
Abstract: O estudo tem por objectivo analisar e caracterizar os motivos, que influenciam e levam os adultos afectos à Escola de Natação do Clube Desportivo do Instituto D. João V, à prática de actividades aquáticas, como forma de ocupação dos seus tempos livres e/ou de lazer, bem como as características da prática desportiva, o perfil social dos utentes e as razões do início da prática da Natação. Para investigar o objecto de estudo levantamos algumas hipóteses de trabalho, e como elo de ligação entre estas, o conhecimento teórico e os resultados que pretendemos conhecer, procedemos à aplicação de um inquérito por questionário a 100 utentes, 73 do sexo feminino e 27 do sexo masculino. Analisámos nos inquéritos os resultados, organizando-os sempre em função das variáveis propostas, e querendo saber se a abertura da piscina contribui para a aquisição de hábitos da prática da Natação junto dos seus actuais utentes adultos, em especial na população feminina, nas gerações mais velhas e nos grupos socioprofissionais com menores recursos concluímos que não se verificam diferenças significativas entre a população feminina e masculina, verificando-se que a abertura da piscina contribui para a aquisição de hábitos da prática da Natação junto dos seus actuais utentes adultos, nos grupos socioprofissionais com menores recursos. Considerando também que junto desta população não existem hábitos desportivos no passado sobretudo na população feminina, nas gerações mais velhas e nos grupos socioprofissionais com menores recursos, verificamos que efectivamente a amostra em análise não tem hábitos desportivos no passado em qualquer das variáveis. Também enunciamos que no conjunto das práticas de lazer, a Natação reveste-se como aquela em que os utentes atribuem maior importância, independentemente do género, idade, estado civil e grupo social, face aos resultados apresentados concluímos que a Natação se reveste como aquela em que os utentes atribuem maior importância, independentemente do género, no entanto, não se verifica na totalidade relativamente à idade, estado civil e grupo social. No que respeita à importância atribuída às aulas de Natação, concluímos que as preocupações dos utentes assentam essencialmente nos aspectos relacionados com a saúde, a condição física e o convívio e sociabilidade.
Description: Dissertação de licenciatura apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física
URI: http://hdl.handle.net/10316/18757
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCDEF - Vários

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Monografia Carlos Silva.pdf625.44 kBAdobe PDFView/Open
Anexos.pdf593.43 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

161
checked on Aug 14, 2019

Download(s) 20

985
checked on Aug 14, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.