Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/15355
Title: Determinações dos agentes de socialização no desporto jovem: Estudo de caso nos jovens da Escola Secundária da Lousã
Authors: Mestre, Sílvia Cristina Palma 
Orientador: Marivoet, Salomé
Keywords: Sociologia do desporto; Prática desportiva; Influência da família
Issue Date: 2005
Abstract: O trabalho que a seguir apresentamos, pretende averiguar porque razão os jovens praticam desporto, investigando os hábitos desportivos dos jovens na Escola Secundária da Lousã, segundo o sexo, a idade, e a origem social. Com base no contributo de vários autores e diversas leituras de estudos de igual temática foi traçado o nosso objecto de estudo e formuladas várias hipóteses. Foi elaborada toda uma metodologia, que nos serviu de base de realização do nosso instrumento de medida, o inquérito sociográfico, tendo sido seleccionado como universo de análise para a aplicação dos inquéritos, os alunos do 7º, 8º, 11º e 12º ano, dessa mesma escola, num total de 425 jovens. Foram então recolhidos 150 questionários, que nos permitiram estimar a proporção de raparigas e rapazes do nosso universo. Verificamos que no 7º e 8º ano os rapazes representavam 55% do universo destes dois anos de escolaridade, enquanto no 11º e 12º idêntica proporção correspondia às raparigas. Definimos então como amostra para este estudo, 120 jovens, distribuídos proporcionalmente pelos diferentes anos, 7º e 8º ano (33 rapazes e 27 raparigas), e 11º e 12ºano (27 rapazes e 33 raparigas). Após termos recolhido e tratado os dados, procedeu-se à sua análise de modo a poder tirar ilações, constatando então, que os jovens iniciam a sua prática desportiva, sobretudo devido à influência dos amigos/colegas/vizinhos, e pela família, especialmente através dos pais. Verificámos que os jovens que iniciaram a prática desportiva mais cedo apresentaram mais hábitos desportivos, e consideram o desporto uma actividade valorizada socialmente, em especial os rapazes, os inseridos em famílias com mais hábitos desportivos, e os pertencentes a grupos sociais com níveis de capital mais elevados, sobretudo nestes dois últimos casos as raparigas, sendo os jovens praticantes aqueles que se encontram mais informados sobre as notícias desportivas veiculadas pelos media, em especial os rapazes do ensino secundário. Concluímos também, que são os amigos, aqueles que mais determinam a prática desportiva dos jovens, quando comparados com os restantes agentes de socialização, sobretudo nos rapazes do 3º ciclo, independentemente do grupo social em que estão inseridos.
Description: Dissertação de licenciatura apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/15355
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCDEF - Vários

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CAPA.pdf89.6 kBAdobe PDFView/Open
ÍNDICE, AGRADECIMENTOS E RESUMO.pdf100.18 kBAdobe PDFView/Open
PROJECTO.pdf1.46 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

421
checked on Jul 23, 2019

Download(s) 5

2,305
checked on Jul 23, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.