Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/12029
Title: Nutrição e Desporto: Estudo Comparativo dos Valores de Ingestão Nutricional em Jovens Futebolistas
Authors: Chaves, Cliff Pereira 
Orientador: Teixeira, Ana
Massart, Alain
Keywords: Nutrição no desporto; Futebol; Jovens futebolistas
Issue Date: 2009
Abstract: O aumento da participação de crianças e adolescentes no futebol implica que haja uma maior preocupação por parte de todos os intervenientes neste desporto. É importante conhecer as necessidades alimentares que advêm do esforço físico que caracteriza o treino e jogo desta modalidade. Tentamos com este trabalho, descrever a ingestão nutricional dos atletas em estudo e compará-la com as recomendações existentes para jovens futebolistas. Material e Métodos: Fizeram parte da amostra deste estudo 16 jogadores do distrito de Viseu, do género masculino, com idades compreendidas entre os 15 e 16 anos, concentrados num estágio da selecção distrital sub16. Foi feito o registo alimentar durante um dia, e a conversão de alimentos nos diferentes nutrientes foi realizada recorrendo à Tabela Portuguesa de Composição dos Alimentos. Procedimentos Estatísticos: Média, desvio padrão, valor mínimo, valor máximo e amplitude foram as medidas descritivas utilizadas. Resultados: O consumo de médio de energia foi de 4278kcal/dia, variando entre um valor mínimo de 3678kcal/dia e um máximo de 5141kcal/dia, em valores relativos a kcal/kg/dia verificou-se uma média de 62,45kcal/kg/dia que variou entre 48,16kcal/kg/dia e 73,58kcal/dia. Este consumo energético repartiu-se por hidratos de carbono, lípidos e proteínas. Os hidratos de carbono contribuíram com 61,2% do valor total, (5,77-9,82g/kg/dia), os lípidos com 11,31% (7,24-18,16%) e as proteínas com 27,6%, (2,7-4,25g/kg/dia). O consumo de minerais registou os seguintes valores: cálcio (1412,91-2531,85mg/dia), ferro (17,77-23,65mg/dia) e zinco (20,39-32,77mg/dia). Relativamente às vitaminas, o consumo de vitamina A situou-se entre 696,76 e 1260,36μg/dia, o de vitamina C entre 219,8 e 518mg/dia e o de vitamina E entre 45,5 e 78,84mg/dia. Conclusão: O consumo energético da nossa amostra está de acordo com as recomendações para jovens futebolistas. Relativamente ao consumo de macronutrientes e micronutrientes, os atletas ingeriram uma quantidade ligeiramente superior às recomendações de hidratos de carbono, inferior no caso dos lípidos e excessiva no que concerne às proteínas. Os minerais cálcio, ferro e zinco, foram consumidos em excesso. A vitamina A apresentou baixos valores de consumo, contudo as vitaminas C e E foram ingeridas em demasia. O excesso de minerais e vitaminas não atinge os valores considerados nefastos.
Description: Disponível em suporte de papel na Biblioteca da FCDEF-UC
URI: http://hdl.handle.net/10316/12029
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCDEF - Vários

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Anexos.pdf78.68 kBAdobe PDFView/Open
capa e contracapa.pdf126.67 kBAdobe PDFView/Open
Índice.pdf51.96 kBAdobe PDFView/Open
Monografia.pdf880.65 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

409
checked on Jun 2, 2020

Download(s) 5

2,844
checked on Jun 2, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.