Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10316/97232
Title: Espetrometria de raios gama na passagem aaleniano-bajociano nos perfis da Murtinheira e da Serra da Boa Viagem II - Bacia Lusitânica, Portugal
Authors: Santos, Marisa Sofia Alves dos
Orientador: Reis, Rui Paulo Bento Pena dos
Henriques, Maria Helena Paiva
Keywords: radiação gama; cortejo argiloso; bioeventos; Aaleniano - Bajociano; Bacia Lusitânica; gamma radiation; clay mineralogy; bioevents; Aalenian - Bajocian; Lusitanian Basin
Issue Date: Feb-2016
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: No presente trabalho apresentam-se resultados obtidos a partir da análise de dados de radiação gama recolhidos na passagem Aaleniano - Bajociano de dois perfis de referência localizados no setor norte da Bacia Lusitânica: Murtinheira e Serra da Boa Viagem II. Para tal, procurou-se caracterizar as tendências de variação dos perfis de radiação gama total e dos perfis dos radioelementos potássio, urânio e tório, nas séries margo-calcárias dos dois perfis, bem como analisar as diferentes relações estabelecidas entre aqueles. Além disso, analisaram-se as associações de minerais de argila e procurou-se estabelecer relações com os dados de espetrometria de raios gama, de forma a inferir condições paleoclimáticas. Os resultados obtidos permitem, com base nos parâmetros analisados, estabelecer uma organização sequencial para o registo sedimentar estudado, bem como fundamentar correlações entre os dois perfis e uma sondagem offshore da bacia, objeto de interesse em atividades correntes de exploração de hidrocarbonetos. A biostratigrafia da passagem Aaleniano - Bajociano dos perfis da Murtinheira e da Serra da Boa Viagem II é conhecida em detalhe com base nas associações de amonites, braquiópodes, foraminíferos bentónicos e nanoplâncton calcário, que permitiram a elaboração de escalas de tempo bem calibradas baseadas em diferentes grupos fósseis. Da análise dos dados de radiação gama recolhidos foi possível relacionar a espetrometria de radiação gama e a natureza do cortejo argiloso, com resultados obtidos a partir de análises paleoecológicas realizadas com diferentes grupos taxonómicos, e que permitiram identificar bioeventos de empobrecimento e renovação das faunas. Assim, na passagem Aaleniano - Bajociano na Bacia Lusitânica, as variações de radiação gama, resultantes do maior ou menor aporte de sedimentos para a bacia, parecem ter influenciado a ocorrência de bioeventos, em particular daqueles que foram reconhecidos com base na composição das associações de foraminíferos bentónicos. Estas relações poderão eventualmente ser extrapoláveis para poços exploratórios da bacia, configurando uma ferramenta complementar de análise de bacias sedimentares com interesse para a indústria dos hidrocarbonetos.
This work presents results based on the analysis of gamma radiation data collected at the Aalenian - Bajocian boundary of two reference sections, located in the northern sector of the Lusitanian Basin: Murtinheira and Serra da Boa Viagem II. Specifically, it aims at characterizing the variation trends of the total gamma ray log and of the spectral gamma-ray logs of potassium, uranium and thorium, in the marly-limestones sequences of the two sections, and at analyzing the different relationships among them. The clay minerals associations were also examined, and an attempt was made at relating them to gamma spectrometry data in order to infer paleoclimatic conditions. Based on the parameters analyzed, the found results allow establishing a sequential organization of the sedimentary record and substantiating correlations between the two sections and offshore well data concerning the basin, a subject of interest for current hydrocarbon exploration. The biostratigraphy of the Aalenian - Bajocian boundary of the Murtinheira and the Serra da Boa Viagem II sections is known in detail, drawing on ammonites assemblages, brachiopods, benthic foraminifera and calcareous nanoplankton, which made possible the development of well-calibrated time scales based on different fossil groups. The analysis of the gamma radiation allowed relating the spectral gamma ray logs and the nature of the clay mineralogy with results obtained from paleoecological analyzes of different taxonomic groups, supporting the identification of impoverishment and renewal faunal bioevents. In the Aalenian - Bajocian boundary of the Lusitanian Basin, the greater or lesser sediment supply to the basin reflected in the variation of gamma radiation appears to have influenced the occurrence of bioevents, particularly those documented on the basis of the composition of benthic foraminifera assemblages. These relationships may possibly be extrapolated to exploratory wells in the basin, thus affording a complementary tool for the analysis of sedimentary basins of relevance to the petroleum industry.
Description: Dissertação de Mestrado em Geociências, Geologia do Petróleo, apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
URI: https://hdl.handle.net/10316/97232
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado
FCTUC Ciências da Terra - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese_final_final.pdf5.06 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

82
checked on Jun 11, 2024

Download(s)

29
checked on Jun 11, 2024

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.