Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/85564
Title: O Capital Psicológico Grupal e a Inovação das Equipas: O papel mediador da Confiança Grupal em equipas em contexto virtual
Other Titles: Psychological Capital and Team Inovation: The mediating role of collective Trust in Virtual Teams
Authors: Silva, Lúcia Alexandra da Costa 
Orientador: Lourenço, Paulo Renato Martins Ribeiro Silva
Keywords: equipas virtuais; capital psicológico grupal; confiança grupal; inovação das equipas; Virtual Teams; Group psychological capital; group trust; team innovation
Issue Date: 28-Feb-2018
Serial title, monograph or event: O Capital Psicológico Grupal e a Inovação das Equipas: O papel mediador da Confiança Grupal em equipas em contexto virtual
Place of publication or event: Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
Abstract: Tendo como base uma abordagem do tipo IMOI (Input-Mediador-Output-Input) o presente trabalho teve como objetivo analisar, em equipas virtuais, a relação entre o capital psicológico grupal e a inovação das equipas, considerando o papel mediador da confiança grupal, nessa relação. Nesse sentido, realizamos um estudo empírico, de design transversal, incidindo sobre 57 equipas de trabalho, pertencentes a organizações portuguesas de diversos sectores de atividade (e.g., serviços, indústria). Adotando o inquérito por questionário enquanto método de recolha de dados, as hipóteses formuladas foram testadas ao nível grupal.Os resultados revelaram uma relação positiva entre o capital psicológico grupal e a confiança grupal, nas suas duas componentes (afetiva e cognitiva). Não foi encontrada associação entre o capital psicológico e a inovação grupal e entre a confiança e a inovação grupal. Deste modo, a hipótese de mediação também não recebeu suporte empírico. Estes resultados vêm reforçar a relevância do capital psicológico enquanto estado emergente de grupo capaz de potenciar a confiança grupal. .
Based on the IMOI (Input-Mediador-Output-Input) approach the present work, developed in the virtual teams context, had as the main objetive the analysis of the relationship between group psychological capital and team innovation, considering the group trust mediating role on this relationship. Therefore, we made an empirical research focusing on 57 work teams, belonging to Portuguese organizations from a variety of sectors of activity (e.g., services, industry). Furthermore, we used a questionnaire inquiry as a data collection method. The hypotheses were tested at a group level.The results showed that the group psychological capital related positively with the group trust on both components (affective and cognitive). However, there was no relation found either between psychological capital and team innovation neither between trust and group innovation. Thus, the mediation hypothesis could not be empirically supported. These results reinforce the importance of the role of psychological capital (as a group emerging state) on group trust. .
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Psicologia apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10316/85564
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
LúciaSilva2018.pdf845.99 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

336
checked on Oct 26, 2020

Download(s) 50

322
checked on Oct 26, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons