Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10316/83796
Title: Relatórios de Estágio e Monografia intitulada "Administração de Fármacos Insolúveis: Revisão de Conceitos e Perspetivas Futuras"
Other Titles: Internship Reports and Monograph entitled "Administration of Insoluble Drugs: Review of Concepts and Future Perspectives"
Authors: Alves, Cátia Filipa Batista Campos 
Orientador: Figueiras, Ana Rita Ramalho
Gonçalves, Carla Cristina Lopes
Furtado, Cláudia Xavier
Keywords: fármacos pouco solúveis; ciclodextrinas; micelas poliméricas; nanopartículas lipídicas; lipossomas; poorly soluble drugs; cyclodextrins; polymeric micelles; lipid nanoparticles; liposomes
Issue Date: 29-Sep-2017
Serial title, monograph or event: Relatórios de Estágio e Monografia intitulada "Administração de Fármacos Insolúveis: Revisão de Conceitos e Perspetivas Futuras"
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Oral delivery of drugs is considered as the best route to achieve both therapeutic and prophylactic effects against many diseases, especially for chronic treatments, due to its simplicity, tolerability, patient acceptability and low cost. About 46% of the new drug approvals by the Food and Drug Administration (FDA) are for oral delivery and more than 70% of the new chemical entities (NEQ) contained in the Pharmaceutical Industry pipeline are poorly water-soluble. Oral absorption requires the presence of the drug molecules dissolved in the gastrointestinal fluids. However, if they exhibit a good absorption but the dissolution rate is significantly slower, then the dissolution will translate into a limiting step of absorption and consequently the drug will present a low bioavailability.One of the biggest challenges of the Pharmaceutical Industry is to develop strategies that increases the solubility of poorly soluble drugs in water, this means hydrophobic drugs classified as Class II (ex: poorly soluble/very permeable) or Class IV (ex: poorly soluble/poorly permeable) according to the Biopharmaceutical Classification System.There are several ways developed and explored by the Pharmaceutical Industry in order to increase the solubility of drugs poorly soluble in water that will be initially addressed, but that are falling into disuse due to the investment and the use of new innovative techniques.Currently there are many studies that demonstrate the high potential of the use of cyclodextrins, polymeric micelles, lipid nanoparticles and liposomes as vectors of drugs practically insoluble in water in chronic diseases such as Diabetes Mellitus, Rheumatoid Arthritis and Schistosomiasis where the need for innovative techniques is urgent. That way, an approach will be taken to the promising use of these drugs carriers, which seek to achieve the maximum therapeutic efficacy.
A administração oral de fármacos é considerada a melhor via de administração de fármacos para alcançar efeitos terapêuticos e profiláticos contra várias doenças, especialmente em tratamentos de longa duração, devido à sua simplicidade, tolerabilidade, aceitabilidade, e baixo custo. Cerca de 46% das novas moléculas aprovadas pela Food and Drug Administration destinavam-se à administração por via oral e mais de 70% das novas entidades químicas que constam na pipeline da Indústria Farmacêutica são consideradas pouco solúveis.Para que ocorra a absorção oral de um fármaco, é necessário que este esteja dissolvido nos fluídos gastrointestinais, e se estes apresentarem uma boa absorção mas a velocidade de dissolução for significativamente mais lenta, então a dissolução traduz-se num passo limitante da absorção e, consequentemente, o fármaco apresentará baixa biodisponibilidade. Um dos maiores desafios que a Indústria Farmacêutica enfrenta, é desenvolver estratégias que aumentem a solubilidade de fármacos pouco solúveis em água, ou seja, de fármacos hidrofóbicos, classificados como Classe II (i.e., pouco solúveis/muito permeáveis) ou Classe IV (i.e., pouco solúveis/pouco permeáveis) de acordo com o Sistema de Classificação Biofarmacêutico.Existem vários métodos desenvolvidos e explorados pela Indústria Farmacêutica, de modo a aumentarem a solubilidade de fármacos pouco solúveis em água, que irão ser abordados inicialmente, mas que têm vindo a cair em desuso, devido à utilização e investimento de novas técnicas inovadoras. Atualmente, vários estudos demonstram o elevado potencial da utilização de ciclodextrinas, micelas poliméricas, nanopartículas lipídicas e lipossomas, como vetores de fármacos praticamente insolúveis em água, em doenças crónicas como Diabetes Mellitus, Artrite Reumatóide e Esquistossomose, onde urge a necessidade de técnicas inovadoras. Deste modo, será realizada uma abordagem ao uso promissor destes transportadores de fármacos, que visam alcançar a máxima eficácia terapêutica.
Description: Relatório de Estágio do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas apresentado à Faculdade de Farmácia
URI: https://hdl.handle.net/10316/83796
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
DOCUMENTO ÚNICO FINAL.pdf2.96 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

552
checked on Jul 9, 2024

Download(s) 50

657
checked on Jul 9, 2024

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons