Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/27146
Title: Análise exploratória das potencialidades forenses do cabelo, com aplicação de técnicas de GC-M
Authors: Mateus, Mariana 
Orientador: Gaspar, Elvira
Murtinho, Dina
Keywords: Ciências forenses
Issue Date: 22-Sep-2014
Citation: Mateus, Mariana / Análise exploratória das potencialidades forenses do cabelo, com aplicação de técnicas de GC-MS
Abstract: A presente dissertação envolveu o estudo e avaliação do cabelo como amostra forense, por se tratar de uma amostra não-invasiva, estável, embora não-convencional. O objectivo foi desenvolver e avaliar uma metodologia analítica de alta resolução para a determinação da composição química de amostras de cabelo, bem como a presença de compostos com potencial relevância forense, em situações não dirigidas e aquando do desconhecimento de características individuais. O estudo envolveu 42 voluntários com idades compreendidas entre os 14 e os 24 anos. Foram testadas as metodologias analíticas já descritas na literatura. No respeitante à preparação de amostra no presente trabalho procedeu-se à optimização do procedimento de lavagem da matriz e estudou-se o melhor solvente, temperatura e tempo de extracção. Relativamente ao método cromatográfico utilizado, cromatografia gasosa associada à espectrometria de massa (GC-MS), foram estabelecidos os melhores parâmetros analíticos para a determinação da composição química do cabelo. Para descortinar os resultados obtidos utilizaram-se técnicas de análise estatística de multivariável: Análise de Componente Principal (PCA), Análise Discriminante Linear (LDA) e Análise de Clusters. O estudo mostrou que é possível, através da determinação dos compostos relevantes, reconhecer para cada amostra, o género e o grupo etário. No entanto, não foi possível a determinação de hábitos de consumo associados ao estilo de vida, como o consumo de tabaco e/ou de bebidas alcóolicas. O composto 4-hidroxi-2-pentanona, aparenta ser um marcador biológico do cabelo para o grupo dos adolescentes. Já os ácidos hexanóico e heptanóico são potenciais biomarcadores da faixa etária dos adultos. Para a condição de género, os ácidos heptanóico, tridecanóico, cis-9-hexadecenóico e um ácido insaturado do ácido octadecanóico sobressaem para o grupo masculino, enquanto o ácido hexanóico de destaca para o feminino. Trata-se de um trabalho inovador, o qual mostrou que o método tem potencial para ser utilizado para fins classificativos, na identificação de desconhecidos, em função do género e da idade. Os resultados, sendo exploratórios, requerem agora a validação com recurso a um universo mais amplo de sujeitos. Palavras-chave: Cabelo, jovens, grupo etário, género, toxicologia forense
URI: http://hdl.handle.net/10316/27146
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCTUC Química - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
TESE FINAL.pdf3.48 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

173
checked on Dec 10, 2019

Download(s) 50

168
checked on Dec 10, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.