Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/21985
Title: Caracterização do impacto causado pelo período preparatório e competitivo nos parâmetros somáticos, fisiológicos, imunológicos e nos indicadores de performance em jogadores de basquetebol de uma equipa da proliga portuguesa
Authors: Ribeiro, Nuno Filipe da Silva Lobo 
Orientador: Santos, Amândio Manuel Cupido dos
Teixeira, Ana Maria
Keywords: Basquetebol; Imunologia do desporto
Issue Date: 2012
Abstract: Objetivo: analisar as alterações de composição corporal, fisiológicas e imunológicas após o período preparatório e competitivo dos atletas de uma equipa da segunda Liga Portuguesa (Proliga), em função da sua posição específica no jogo. Estudar o efeito da condição física e da composição corporal na perfomance do basquetebol, bem como na resposta imunológica dos atletas. Metodologia: A amostra do estudo foi constituída por 11 atletas séniores masculinos de uma equipa que disputou o IX Campeonato Nacional da Proliga. Os atletas foram avaliados em dois momentos, no início da pré-época e no decorrer da época. Em ambos os momentos de avaliação, foram estudadas características antropométricas, fisiológicas [VO2máx, FCmáx, FCR, FC no limiar anaeróbio e a velocidade de corrida no limiar anaeróbio (VLAN)], imunológicas ([IgA] e TSIgAb) e realizou-se ainda um teste de campo para estudar o impacto da fadiga na eficácia de lançamento. Foram feitas análises estatísticas para determinar a relação entre as diferentes variáveis em estudo. Resultados: com exceção da VLAN e a [IgA]b, não foram encontradas diferenças significativas nas variáveis antropométricas, fisiológicas e imunológicas avaliadas neste estudo nos 2 momentos de avaliação. O período preparatório e de competição tiveram um impacto na VLAN, que aumentou e na [IgA]b que diminuiu. Foram obtidas diferenças significativas na MC, estatura e no VO2máx dos atletas por posição específica no jogo. Não tendo o mesmo acontecido nas variáveis imunológicas [IgA]b e TSIgAb assim como nas variáveis de performance minj, pMVP, pMVPr. Conclusão: O período preparatório e competitivo desta equipa, não teve impacto na composição corporal dos atletas, nem nas variáveis fisiológicas e imunológicas em estudo, exceto na VLAN e na [IgA]b. Nesta equipa existem diferentes perfis somáticos associados à posição específica de jogo. O VO2máx é afetado pelas características de composição corporal (MC, MG, MM e estatura). Independentemente da posição que os atletas ocupam em campo, ou das suas características antropométricas, fisiológicas e imunológicas, não há uma relação destas variáveis com os indicadores globais de performance.
Description: Dissertação de mestrado em Biocinética, apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/21985
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCDEF - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese Mestrado Biocinética - Nuno_Lobo_Ribeiro_2012_.pdf484.32 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

200
checked on Nov 5, 2019

Download(s) 50

343
checked on Nov 5, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.