Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/20801
Title: Prospectivar a carreira de treinador em Portugal : estudo exploratório com treinadores de basquetebol
Authors: Rocha, Isabel Maria Lamy 
Orientador: Silva, Manuel João Coelho e
Gonçalves, Carlos Eduardo
Keywords: Basquetebol; Treinador--basquetebol
Issue Date: 2003
Keywords: Basquetebol; Treinador--basquetebol
Issue Date: 2003
Abstract: O presente estudo de carácter exploratório foi realizado com candidatos do curso de nível I da Federação Portuguesa de Basquetebol no ano de 2002/ 2003 e dos Treinadores que interromperam sua actividade no ano de 2002. Este estudo é uma primeira aproximação empírica ao estudo dos motivos que levam os treinadores a aderirem à actividade, das expectativas em relação à actividade de treinador, do grau de satisfação com o curso de treinadores de nível I da Federação Portuguesa de Basquetebol e das razões para a interrupção da actividade do treinador na modalidade de Basquetebol. Para o nosso estudo foram utilizados os questionários elaborados por Coelho e Silva, Gonçalves, Adelino, Coelho e Beja (2001), que constitui uma aproximação empírica ao estudo dos aspectos a considerar ao longo do nosso trabalho. O número de inquiridos variou de acordo com as questões do questionário. Assim: A nossa análise é baseada em 377 indivíduos que foi distribuída da seguinte forma: 144 indivíduos nos motivos que levam os treinadores ao início da sua actividade; 78 indivíduos nas expectativas que têm em relação à actividade de treinador e 80 indivíduos na satisfação obtida com o curso de nível I realizado pela Federação Portuguesa de Basquetebol. A amostra dos ex-Treinadores que responderam aos inquéritos acerca das razões para a interrupção da actividade foi de 35 inquiridos. Os motivos mais valorizados para o início da actividade do treinador de factores intrínsecos e de motivos sociais que estão relacionados com uma ligação afectiva à modalidade que praticam ou praticaram. As principais expectativas mencionadas pelos candidatos relativamente à actividade de treinador são semelhantes às mencionadas por jovens atletas. Podendo-se categorizar da seguinte forma: competência (apreender e melhorar habilidades), afiliação (fazer parte de um grupo) e divertimento. Os candidatos do curso de nível I da Federação Portuguesa de Basquetebol, assinalam a competência dos formadores como a principal satisfação do curso. Os treinadores que interromperam a sua actividade, fizeram-no por várias razões. Sendo as principais razões devido à estrutura organizativa do clube e à prioridade dos estudos e actividade profissional.
Description: Dissertação de licenciatura apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/20801
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCDEF - Vários

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação de licenciatura.pdf1.11 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

240
checked on Aug 21, 2019

Download(s) 20

759
checked on Aug 21, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.