Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/20686
Title: Relação terapêutica e adesão em doentes portadores da infecção pelo Vírus da Imunodeficiência Humana (VIH)
Authors: Margalho, Renata 
Paixão, Rui 
Pereira, Marco 
Keywords: Relação terapêutica; Adesão; VIH/SIDA
Issue Date: 2010
Publisher: Sociedade Portuguesa de Psicologia da Saúde
Serial title, monograph or event: Psicologia, Saúde & Doenças
Volume: 11
Issue: 1
Abstract: O objectivo do presente estudo é avaliar a influência da relação terapêutica no processo de adesão. A amostra é constituída por 81 doentes com média de idade de 38.7 anos, distribuídos em dois grupos: O grupo de doentes que definiu a relação terapêutica como sendo positiva e como sendo negativa. A maior proporção de doentes que não adere à medicação classificam a relação terapêutica como negativa. Ainda o grupo de doentes que percepciona a relação terapêutica como negativa apresenta índices elevados na dimensão hostilidade, em comparação com o grupo que caracteriza a relação terapêutica como sendo positiva. A adesão e a relação terapêutica são variáveis marcadas por um conjunto de elementos comuns, nomeadamente no que diz respeito às expectativas em relação à eficácia do tratamento e à percepção da competência do médico (onde se inclui o discurso claro e objectivo), entre outras. Estes parâmetros são, portanto, fulcrais, uma vez que contribuem para a implicação do doente no processo de tratamento.
URI: http://hdl.handle.net/10316/20686
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Artigos em Revistas Nacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat
2010 Relação terapêutica e adesão em doentes VIH.pdf118.47 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 10

725
checked on Jul 7, 2020

Download(s)

64
checked on Jul 7, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.