Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/20352
Title: O papel dos cinco grandes factores de personalidade na predição das estratégias de conflitos
Authors: Azevedo, Nuno Filipe da Silva 
Orientador: Lourenço, Paulo Renato
Keywords: Conflitos; Personalidade; Personalidade
Issue Date: 2009
Serial title, monograph or event: O papel dos cinco grandes factores de personalidade na predição das estratégias de conflitos
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: O presente estudo direccionou-se para a compreensão do impacto preditivo das cinco grandes dimensões de personalidade nas estratégias de gestão de conflitos. Os preditores considerados foram a amabilidade, a abertura à experiencia, a conscienciosidade e o neuroticismo, não sendo passível o estudo da dimensão extroversão devido a problemas relacionados com a fidelidade do instrumento utilizado. As estratégias de integração, domínio, acomodação e evitamento constituíram os critérios em análise. Esta investigação foi realizada com base numa amostra de 162 profissionais pertencentes a diversas funções inscritas em diferentes organizações dos sectores da indústria e do comércio. Os resultados demonstraram que o neuroticismo está associado negativamente com a estratégia de integração, enquanto a abertura à experiência não se relaciona de forma estatisticamente significativa com nenhuma estratégia de gestão de conflitos estudada. A amabilidade constitui o melhor preditor estudado, relacionando-se com a acomodação, integração e evitamento. Por sua vez, a cosncienciosidade surgiu relacionada com a integração e domínio. As implicações teóricas e práticas dos resultados obtidos foram analisadas e discutidas.
The objective of this study was the examination the impact of the big five personality factors in predicting conflict management strategies. The predictors under study were agreeableness, openness, conscientiousness and neuroticism. We cannot include the extraversion in this study factor due reliability measurement problems. Integration, domination, accommodation and avoiding are the studied criteria. This investigation was conducted with a 162 workers of several jobs included in industrial and trade labour contexts. The results revealed that neuroticism was negatively related with the integration strategy and that openness was not significantly related with any conflict strategy. Agreeableness emerges as the best predictor under examination showing relations with accommodation, integration and avoiding conflict strategies. On the other hand, conscientiousness was related with the strategies of integration and domination. Implications and limitations of the present study are discussed.
Description: Dissertação de Mestrado em Psicologia das Organizações e do Trabalho, apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/20352
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Nuno Azevedo.pdf599.14 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

468
checked on Oct 27, 2020

Download(s)

15
checked on Oct 27, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.