Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/16527
Title: Identificação e análise das práticas lúdicas e recreativas em idosos : jogos, brinquedos e brincadeiras das nossas avós : um estudo do gênero
Authors: Lourenço, Filipa Isabel Paulo 
Orientador: Jaqueira, Ana Rosa Fachardo
Issue Date: 2005
Issue Date: 2005
Abstract: O estudo realizado insere-se no tema da “Identificação e análise das práticas lúdicas e recreativas em Idosos”. Identificando as respectivas práticas lúdicas, como os jogos, brincadeiras e brinquedos de outros tempos, bem como a caracterização política social e económica da época. Foi realizado com onze Idosas do sexo feminino residentes no lar da Santa Casa da Misericórdia de Cantanhede, com idades compreendidas entre os 81 e os 84 anos. Para recolher as informações da nossa amostra, foi utilizada a entrevista semi – estruturada, que engloba várias questões, que abordam aspectos sobre a questão social política e económica do país, e ainda a identificação dos jogos, brincadeiras e brinquedos correspondentes à infância das nossas Idosas. Após a recolha da informação, foi realizada uma análise do conteúdo, agrupando por categorização as informações constantes dos discursos, de forma a apresentar os dados referentes às questões da técnica de recolha de dados. A partir da informação constante dos discursos, concluímos que a maioria das Idosas viveu a sua infância no concelho de Cantanhede (zona rural), e somente uma Idosa provém do concelho da Guarda (zona urbana), o nível de escolaridade das nossas Idosas variou entre o analfabetismo e a 4ªclasse. Em relação à noção da situação política da época, grande maioria das Idosas evidenciaram uma boa ideia do sistema político, consideraram aspectos benéficos, o facto de existir trabalho, e de a mulher ser direccionada para a família e para a vida em casa. No que respeita aos jogos, brincadeiras e brinquedos da sua infância, ficou-nos evidente que estes foram muito condicionados pelo facto da actividade profissional ser prioridade em relação às actividades lúdicas, justificando a não referência de brinquedos da parte de algumas Idosas. Dos dados colectados, como o local da realização dos jogos e brincadeiras era na rua/pátio e a sua aprendizagem realizada com amigas, existia diferença entre sexos nas actividades lúdicas, porque existiam estereótipos em determinadas brincadeiras. Os materiais utilizados são muito diversificados, entre os industrializados e os artesanais, alguns da natureza e um caso de um animal. O tempo destinado às actividades lúdicas foi predominante ao Domingo e ao fim do dia. Os brinquedos mencionados são somente bonecas, e maioritariamente de trapos, confeccionadas pelas próprias idosas. O local das brincadeiras com as bonecas era ao contrário dos jogos e brincadeiras em casa, porque tinham uma grande preocupação em estimar as pouquíssimas bonecas que possuíam.
Description: Dissertação de licenciatura apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física.
URI: http://hdl.handle.net/10316/16527
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCDEF - Vários

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Agradecimentos.pdf173.53 kBAdobe PDFView/Open
MONOGRAFIA 2005.pdf1.16 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

232
checked on Aug 20, 2019

Download(s) 20

632
checked on Aug 20, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.