Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/15566
Title: Priming de repetição no envelhecimento normal: estudo com a hipótese da identificação-produção
Authors: Martins, Vera Lúcia Fialho 
Orientador: Pinho, Maria Salomé
Keywords: Envelhecimento; Memória
Issue Date: 2010
Serial title, monograph or event: Priming de repetição no envelhecimento normal:um estudo com a hipótese da identificação- produção
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: O presente trabalho teve como principal objectivo averiguar se a hipótese da identificação-produção poderia explicar o efeito da idade no priming de repetição. Para considerar a distinção entre priming de identificação e de produção, utilizou-se a tarefa de identificação perceptiva de figuras fragmentadas enquanto tarefa de identificação e a tarefa de completamento de começos de palavras como tarefa de produção. Adicionalmente, para analisar a ocorrência de contaminação explícita utilizou-se o procedimento de dissociação de processos de Jacoby (1991, 1998) na tarefa de priming de produção. A amostra consistiu num grupo de 40 adultos idosos saudáveis não institucionalizados, com idades compreendidas entre os 70 e os 74 anos e um grupo controlo de 40 adultos jovens saudáveis, pertencentes à faixa etária dos 35 aos 44 anos. Do protocolo de avaliação, para além das tarefas de memória implícita, fizeram ainda parte tarefas de memória episódica (Pares de Palavras), memória de trabalho visuoespacial (Localização Espacial) e verbal (Sequências de Letras e Números) e inteligência verbal (Vocabulário). Foi observado priming em ambas as tarefas para os dois grupos de participantes, mas não foram encontradas diferenças relacionadas com a idade, nem na tarefa de identificação perceptiva de figuras fragmentadas, nem na de completamento de começos de palavras. Assim, a hipótese da identificação-produção só em parte foi apoiada pela presente investigação, uma vez que previa um desempenho deficitário dos adultos idosos em relação aos jovens no priming de produção. Verificou-se ainda uma utilização diferencial de estratégias explícitas, uma vez que o contributo dos processos de recordação consciente no desempenho da tarefa implícita de completamento de começos de palavras apenas se observou nos adultos jovens. Nas tarefas de memória explícita, o desempenho dos adultos idosos foi significativamente inferior ao dos adultos jovens. Estes resultados corroboram, então, a dissociação entre memória explícita e implícita no envelhecimento, com a primeira a declinar significativamente e a segunda a não evidenciar o efeito da idade.
The current study had as main goal to establish whether the identification-production hypothesis could explain the age effect on repetition priming. The distinction between identification and production priming was operationalized using the task of perceptual identification of fragmented pictures as an identification task, and the word-stem completion task as a production task. In addition, to analyze the occurrence of explicit contamination the process dissociation procedure (Jacoby, 1991, 1998) was employed in the production task. The sample consisted of a group of 40 noninstitutionalized healthy older adults, aged between 70 to 74 years old and a control group of 40 healthy younger adults, aged from 35 to 44 years old. The evaluation protocol, apart from implicit memory tasks, also included an episodic memory task (Verbal Paired Associates), a visuospatial working memory task (Spatial Location), a verbal working memory task (Letter- Number Sequencing) and a verbal intelligence task (Vocabulary). Priming was observed in both tasks for both participants’ groups, but no differences were registered related to the influence of age either on perceptual identification of fragmented pictures task or on the word-stem completion task. Therefore, the identification-production hypothesis was only partially supported by this research, once it predicted a performance deficit for older adults in comparison with young people in production priming. There was yet a different use of explicit strategies, since the contribution of the conscious processes to the implicit task of word-stem completion was only observed in young adults. On explicit memory tasks, older adults presented a significantly poorer performance than younger adults. Hence, the results support the dissociation between explicit and implicit memory in aging, as the first declines significantly and the second does not show the age effect.
Description: Dissertação de mestrado em Psicologia Clínica e Saúde, especialização em Psicogerontologia Clínica, apresentada à Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/15566
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Ficheiro_temporario.pdf8.8 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 1

1,796
checked on Oct 15, 2019

Download(s)

15
checked on Oct 15, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.