Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/14714
Title: L'européanisation des politiques de défense : la vison stratégique du Portugal en subsarienne, à l'heure de la PeSDC
Authors: Afonso, Elodie Martins 
Orientador: Pureza, José Manuel
Keywords: África subsaariana; Cooperação; Defesa; Desenvolvimento; Europeização; Parceria; PeSDC; Portugal; Regionalismo/Regionalização; Segurança; União europeia
Issue Date: 7-Feb-2011
Publisher: FEUC
Citation: Afonso, Elodie Martins- L'européanisation des politiques de défense : la vison stratégique du Portugal en subsarienne, à l'heure de la PeSDC. Coimbra, 2010
Abstract: Nas suas relações com África, os Estados membros da União europeia aparecem como vacilando entre uma dinâmica de intercâmbios que os leva a dar prioridade – e, a contrario, excluir – aos domínios de intervenção e uma forma de consciência sobre a impossibilidade de deixar de lado uma região histórica e geograficamente demasiada próxima do continente europeu para que os empregos do regionalismo pudessem ser ignorados. Assim, o presente trabalho procura apresentar e analisar os vectores e travões à participação de Portugal no processo de construção de uma Europa política, nomeadamente, no desenvolvimento de uma Política europeia de segurança e defesa comum (PeSDC). Quais são as razões que levam então este país, tradicionalmente virado para o Atlântico, a defender uma maior coordenação dos Estados europeus no domínio da segurança e da defesa? Neste caso, até que ponto e relativamente a quais esferas de acção, Portugal tem ou não as capacidades de projecção dos seus interesses estratégicos próprios à escala comunitária? Se Portugal ainda representa um dos mais dinâmicos defensores de uma política europeia em África e tendo por principal preocupação as populações presentes, este apoio constitui de facto uma aposta que permite a Portugal preservar e privilegiar as relações historicamente que foram edificadas com a África subsaariana. Este relatório baseia-se assim na convicção mesma que, para compreender a Europa como «espaço» mas também como «potência», convêm desenvolver uma análise do que revela a europeização das políticas nacionais, e uma descrição da influência das realidades nacionais sobre as políticas europeias ou comunitárias.
Description: Dissertação de mestrado em Sociologia, apresentada a Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/14714
Rights: openAccess
Appears in Collections:FEUC- Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Europeanisation.pdf15.9 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

372
checked on Jan 22, 2020

Download(s) 50

383
checked on Jan 22, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.