Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/13725
Title: Registo do Comportamento Electromiográfico dos Músculos Rectus Abdominis e Erector Spinal num Exercício de Força e Resistência Abdominal
Authors: Pires, Bruno Miguel Rainho 
Orientador: Ribeiro, Carlos Alberto Fontes
Tavares, Paula
Keywords: Músculos; Electromiografia; Teste de força
Issue Date: 2006
Keywords: Músculos; Electromiografia; Teste de força
Issue Date: 2006
Abstract: O músculo Rectus abdominis é bastante solicitado e exercitado em situações de trabalho muscular, ignorando-se muitas vezes o desenvolvimento de um dos músculos antagónicos, tão importante na manutenção da posição erecta da nossa espécie, o músculo Erector spinal. Este último é um dos músculos mais importantes na extensão e flexão do tronco, que é, de igual forma, uma acção fundamental na realização das tarefas indispensáveis do quotidiano. Por esse motivo é fundamental exercitar este músculo, e mais importante ainda, de uma forma correcta, pois as dores musculares na zona da coluna vertebral afectam a maioria da população portuguesa. Este trabalho tem como objectivo verificar se o exercício proposto (curl-up) é eficaz no Rectus abdominis inferior e se pode causar danos ao nível lombar, impossibilitando a manutenção de uma vida quotidiana normal. Para este estudo foram recrutados oito indivíduos do sexo masculino, com idades compreendidas entre os 19 e os 21 anos, a frequentar o 1º ano do curso de Educação Física, da Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra. Os voluntários executaram o exercício curl-up, e após oito minutos em repouso repetiram o exercício. A realização dos testes teve a duração de seis semanas, sendo que em cada uma delas se efectuavam duas sessões, com duas repetições por sessão. Através da análise dos dados concluímos que a actividade neuromuscular do músculo Erector spinal não apresenta diferenças estatisticamente significativas quer entre as cinco primeiras contracções e as cinco últimas contracções, quer entre a primeira semana de trabalho e a sexta semana; Quanto à actividade neuromuscular do músculo Rectus abdominis apresenta diferenças estatisticamente significativas entre o as cinco primeiras contracções e as cinco últimas contracções da primeira e da sexta semana, mas não apresenta diferenças entre o início das sessões e o final. Este exercício não apresenta melhorias no fortalecimento dos dois músculos estudados, e não apresenta lesões ao nível lombar.
Description: Dissertação de licenciatura apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física
URI: http://hdl.handle.net/10316/13725
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCDEF - Vários

Show full item record

Page view(s)

170
checked on Aug 14, 2019

Download(s) 50

310
checked on Aug 14, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.