Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10316/102099
Title: Evacuação de gares subterrâneas de transporte em caso de incêndio: O caso da Estação de Metro Baixa-Chiado
Other Titles: Evacuation of underground transport stations in case of fire: The case of the Baixa-Chiado Metro Station
Authors: Borralho, Tiago Miguel Orantos
Orientador: Santos, Cristina Calmeiro dos
Rodrigues, João Paulo Correia
Keywords: incêndio; evacuação; estações de metro; comportamento humano; emergência; fire; evacuation; metro stations; human behavior; emergency
Issue Date: 22-Jul-2022
Serial title, monograph or event: Evacuação de gares subterrâneas de transporte em caso de incêndio: O caso da Estação de Metro Baixa-Chiado
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Um requisito essencial em qualquer edifício é que existam condições para uma evacuação segura dos seus ocupantes, sendo este tema crucial em gares subterrâneas de transporte. Estes locais estão abaixo do solo, a evacuação tem forçosamente de ser feita no sentido ascendente, e geralmente correspondem a locais de grande dimensão constituindo um único compartimento de fogo. A Estação de Metro Baixa-Chiado, em Lisboa, foi escolhida por forma a estudar a evacuação de gares subterrâneas de transporte em caso de incêndio aplicada à realidade portuguesa. Os principais motivos foram a sua dimensão, profundidade, o elevado número de passageiros que a frequentam e ser uma estação que serve duas linhas de metro.Efetuou-se uma análise do tempo de evacuação da estação, em múltiplos cenários, variando o número de ocupantes e algumas condições associadas à evacuação. Utilizou-se o programa de simulação de evacuação Pathfinder, baseado em agentes, em que cada “indivíduo” tem características e estratégias de fuga individuais. Foram ainda integradas situações de incêndio, desenvolvidas através do “Fire Dynamics Simulator (FDS)”. Utilizou-se o PyroSim como um pré-processador destas simulações. A importância do sistema de controlo de fumo, e da sua rápida ativação em caso de incêndio, foi evidenciada pelos resultados obtidos. Nas situações em que tal não ocorreu observou-se um agravamento significativo no tempo de movimento dos ocupantes, estimando-se a incapacitação de uma parte significativa dos ocupantes, tendo em conta os níveis registados para a dose efetiva fracionária (FED). As condicionantes arquitetónicas da estação revelaram-se um fator crucial neste estudo. Foi também analisada a influência na evacuação do número de ocupantes da estação, da utilização das escadas rolantes, da eficácia da sinalização de saída existente, e das características da população em estudo, em particular género e grupo etário.Os resultados permitiram propor medidas de melhoria das condições de evacuação da estação, como sejam a introdução sinalética dinâmica/adaptativa com função de “increased affordance”, a instalação de um sistema de cantonamento de fumo ou a construção de um núcleo de elevadores e escadas enclausuradas que garantam a comunicação entre o exterior e todos os níveis da estação.
It is essential to ensure that any building has conditions for a safe evacuation of its occupants, this subject being crucial in underground transport stations. These locations are in the underground, evacuation has to be carried out in an upward way, and usually correspond to large structures constituting a single fire compartment. Baixa-Chiado Subway Station, in Lisbon, was selected to study the evacuation of underground transport stations in case of fire, applied to the Portuguese case. The main reasons were its depth, the high number of passengers that frequent it and that it is a station that serves two metro lines.An analysis of the evacuation time of the station was done, in multiple scenarios, varying the number of occupants and some conditions associated with the evacuation process. Pathfinder software was used to model evacuation, in which each “occupant” has individual characteristics and escape strategies. Fire situations were also integrated, through the use of “Fire Dynamics Simulator (FDS)”. PyroSim was used as a pre-processor for these simulations.The importance of the smoke control system, and its rapid activation in the event of a fire, was highlighted by the results obtained. In situations where this did not occur, there was a significant worsening in the evacuation time of the occupants, it was estimated the incapacitation of a significant part of the occupants, considering the levels registered for the fractional effective dose (FED). The station's architectural constraints proved to be a crucial factor in this study. The influence on the evacuation of the number of occupants, the use of escalators, the effectiveness of the existing exit signage, and the characteristics of the study’s population, in particular gender and age group, was also analyzed.The results allowed proposing measures to improve the station's evacuation conditions, such as the introduction of dynamic/adaptive emergency signage with an “increased affordance” function, the installation of a smoke barrier that can limit and control the movement of the smoke or the construction of a protected lift and staircase to ensure vertical communication between the exterior and all levels of the station.
Description: Dissertação de Mestrado em Segurança aos Incêndios Urbanos apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia
URI: https://hdl.handle.net/10316/102099
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Show full item record

Page view(s)

60
checked on Feb 20, 2024

Download(s)

116
checked on Feb 20, 2024

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons