Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/96921
Title: Percursos custodiais dos arquivos de família através dos instrumentos de descrição documental do Arquivo Regional e Biblioteca Pública da Madeira
Authors: Macedo, L. S. Ascensão de 
Keywords: Arquivos de família; arquivos pessoais; arquipélago da Madeira; instrumentos de acesso à informação
Issue Date: 2020
Publisher: Instituto de Estudios Canarios / INSTITUTO DE ESTUDOS MEDIEVAIS - FSCH UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA
Serial title, monograph or event: Herencia Cultural y Archivos de Familia en los Archipiélagos de la Macaronesia
Place of publication or event: La Laguna
Abstract: Esta comunicação tem como objetivo compreender processos de formação e de aquisição de arquivos de família existentes no Arquivo Regional e Biblioteca Pública da Madeira (ABM). Propomos analisar e relacionar o conteúdo dos metadados da norma internacional de descrição arquivística ISAD(G), designadamente “história custodial e arquivística” (HCA) e “fonte imediata de aquisição (FIA)”, contidos nos instrumentos de descrição documental (IDD) publicados pelo ABM. O foco desta comunicação centra-se em torno da representação da informação arquivística de arquivos familiares, dos processos de génese e de transmissão destes conjuntos documentais e das estratégias de representação como arquivos e/ou coleções. Importa nesta comunicação efetuar uma definição de conceitos suportados na terminologia arquivística, designadamente em torno de termos como proveniência, organicidade e custódia. De igual forma, importa caraterizar os metadados HCA e FIA e as normas nacionais e internacionais que definem orientações para a sua descrição, enquanto garantias literárias. A questão de investigação de partida consiste em compreender como os fundos familiares são representados pelos IDD do ABM nos metadados HCA e FIA. Para tal, propomos uma metodologia de base mista, com pendor qualitativo (QUAL-quan), a partir da constituição de um corpus textual de 30 IDD respeitantes a arquivos particulares (pessoal ou familiar) publicados pelo ABM. Faremos recurso a dois tipos de métodos e ferramentas de análise de dados: (1) a análise de conteúdo, com enfoque nas descrições constantes dos metadados HCA e FIA extraídas do corpus e com recurso a ferramentas computacionais de prospeção de dados não estruturados (text mining) e de visualização diagramática; (2) análise crítica sustentada em garantias literárias (literary warrant), i. e., em normas de descrição arquivística emanadas pelo órgão da política arquivística nacional e internacional.A representação da informação arquivística de conjuntos documentais familiares em IDD encontra no metadado HCA informação sobre padrões evolutivos e conjunturas custodiais dos fundos familiares. Em função dos resultados a serem apresentados no texto final, a análise de conteúdo possibilitará uma abordagem sustentada em dados textuais para a avaliação da qualidade descritiva dos IDD. As considerações finais incidirão sobre possibilidades, limitações e recomendações para a interpretação da HCA em IDD de arquivos familiares.
URI: http://hdl.handle.net/10316/96921
ISBN: 978-84-09-21850-9
Rights: openAccess
Appears in Collections:I&D CEIS20 - Livros e Capítulos de Livros

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Percursos_custodiais_dos_arquivos_de_fam.pdf2.52 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

43
checked on Sep 17, 2022

Download(s)

14
checked on Sep 17, 2022

Google ScholarTM

Check

Altmetric


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons