Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/94600
Title: A Mentalidade Afiliativa no Acolhimento Residencial de Jovens em Risco: Resultados Preliminares de um Treino da Mente Compassiva com Cuidadores
Other Titles: Affiliative Mentality in Residential Care of Youth at Risk: Preliminary results of a Compassionate Mind Training with Caregivers
Authors: Nogueira, Sofia Fernandes
Orientador: Rijo, Daniel Maria Bugalho
Keywords: Acolhimento Residencial; Cuidadores; Jovens em Risco; Mentalidade Afiliativa; Treino da Mente Compassiva; Residential Care; Caregivers; Youth at Risk; Affiliative Mentality; Compassionate Mind Training
Issue Date: 21-Jul-2020
Serial title, monograph or event: A Mentalidade Afiliativa no Acolhimento Residencial de Jovens em Risco: Resultados Preliminares de um Treino da Mente Compassiva com Cuidadores
Place of publication or event: Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
Abstract: O acolhimento residencial é um dos meios utilizados para dar resposta às crianças e jovens que se encontram em situação de perigo. Devido às experiências de vida negativas e traumáticas, estes jovens podem apresentar problemas de comportamento, psicológico e emocionais, que podem dificultar uma interação positiva com os cuidadores das casas de acolhimento. Dado que a compaixão se tem revelado promissora na melhoria das relações interpessoais e de vários indicadores da saúde mental, o objetivo principal deste estudo foi promover o desenvolvimento de uma mentalidade afiliativa no contexto do acolhimento residencial de jovens em risco, através da estimulação do sistema de afiliação/apaziguamento e da regulação do sistema de defesa-ameaça nos cuidadores. Foi testado e avaliado o impacto de um programa estruturado de 12 sessões de Treino da Mente Compassiva (TMC) nos cuidadores que trabalham neste contexto. O estudo contou com uma amostra de 64 cuidadores de 6 casas de acolhimento residencial dos distritos de Coimbra e Leiria, com idades compreendidas entre os 25 e os 62 anos e de ambos os sexos. A aleatorização dos participantes foi realizada por clusters (i.e., casas de acolhimento) tendo sido alocadas três casas a cada condição, o que corresponde a 32 sujeitos no grupo experimental e 32 no grupo de controlo. Os participantes responderam a medidas de autorresposta antes e após a intervenção, com o objetivo de avaliar a compaixão pelos outros, a autocompaixão, os medos da compaixão e ainda a proximidade e ligação aos outros, clima emocional e qualidade de vida profissional dos cuidadores. Uma análise mista multivariada da variância (MANOVA) a dois fatores (tempo e grupo) revelou diferenças significativas entre os grupos na avaliação pós tratamento. Especificamente, os participantes do grupo experimental revelaram uma melhoria significativa na compaixão, autocompaixão e medos da compaixão e ainda uma maior proximidade e ligação aos outros e melhor clima emocional, enquanto que os participantes do grupo de controlo não melhoraram ou deterioraram os resultados nessas mesmas variáveis. Estes resultados oferecem evidência preliminar para o uso do TMC enquanto estratégia eficaz na promoção de uma mentalidade afiliativa nos cuidadores de jovens em risco em contexto de acolhimento residencial.
Residential care is one of the responses used to offer protection and care to children and youth at risk. Because of their early negative and traumatic life experiences, youth at risk can present behavioral, psychological, and emotional problems that can hinder a positive interaction with caregivers within residential care homes. Available research has shown that compassion based interventions had positive impact over interpersonal relationships and mental health symptoms. Following these findings, the main objective of this study was to promote the development of an affiliative care mentality in residential care homes staff, through both the stimulation of the soothing system and the regulation of the threat system. Specifically, the impact of a 12-session structured Compassionate Mind Training (CMT) program was evaluated in caregivers work in residential care facilities. The sample was made of 64 male and female caregivers from six residential care homes in the region of Coimbra and Leiria, aged between 25 and 62 years. Randomization was made at a cluster level, with three houses allocated in each experimental condition. In this sense, 32 caregivers were allocated to the experimental (treatment) group and the other 32 to the control group. Participants answered to a set of self-report measures before and after intervention. Assessed variables included compassion towards others, self-compassion, and fears of compassion, and also, social safeness and connection to others, emotional climate and quality of professional life. Two-factor (time and group) mixed multivariate analysis of variance (MANOVA) revealed significant differences between groups at post treatment. Specifically, participants of the treatment group revealed significant improvements in compassion towards others, self-compassion, and fears of compassion, and also significant improvement in social safeness and connection to others as well as in the threat and soothing systems related emotions, while the participants of the control group did not improve or even deteriorated results in that variables. These findings offer preliminary evidence for the use of the CMT as an appropriate intervention, capable of promoting an affiliative care mentality on caregivers working within residential care homes for youth at risk.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Psicologia apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10316/94600
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
Dissertação de Mestrado Sofia Nogueira_Julho2020.pdf879.76 kBAdobe PDFEmbargo Access    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

18
checked on Jun 10, 2021

Download(s)

4
checked on Jun 10, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons