Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10316/92015
Título: A necrópole do hospital militar do castelo de São Jorge e as práticas funerárias na Lisboa de época Moderna
Autor: Henriques, Susana
Carvalho, Liliana Matias
Amarante, Ana
Wasterlain, Sofia
Palavras-chave: Post Medieval Archaeology; Military Hospital; Necropolis
Data: Nov-2020
Editora: Associação dos Arqueólogos Portugueses
Projeto: SFRH/BD//BIA/04004/2019 
FCT--PEst-OE/SADG/UI0283/2019 
Relatório da Série N.º: III Congresso da Associação dos Arqueólogos Portugueses;
Título da revista, periódico, livro ou evento: III Congresso da Associação dos Arqueólogos Portugueses
Local de edição ou do evento: Porto
Resumo: A necrópole identificada na Rua do Recolhimento 7/9, Castelo de São Jorge (Lisboa, Portugal) corresponderá ao cemitério do Hospital Militar, localizado nas proximidades, activo entre os Séculos XVI e XVIII. Durante a escavação arqueológica foram identificadas sepulturas individuais, múltiplas, valas comuns e ossários. A organização espacial torna-se evidente em vários enterramentos, com a sobreposição de enterramentos que cortam os mais antigos, tendo sido observados esqueletos em decúbito dorsal, ventral e lateral (alguns contra paredes/muros), nem sempre em conformidade com a regra canónica cristã. Nesta necrópole da Idade Moderna existe uma grande variedade de práticas funerárias que refletem o tratamento da morte na moderna sociedade de Lisboa, transmitindo as suas preocupações sociais, culturais e religiosas. Simultaneamente, as práticas funerárias neste local tornaram-se uma ameaça à saúde pública, consequência da quantidade de corpos depositados num limitado espaço, físico e cronológico. The necropolis found in Rua do Recolhimento 7/9, Castle of São Jorge, Lisbon, Portugal, corresponds to the military hospital cemetery, located nearby, in activity from the 16th to the 18th centuries. During the archaeological excavation both individual, multiple, and mass graves as well as ossuaries were identified. Space management becomes evident on several burials, mainly with overlap of other burials that end cutting the oldest ones, skeletons in supine, ventral and lateral position (and against walls), not always in conformity with the canonical Christian rules. This post-medieval necropolis presents an array of funerary practices as a reflection of the Lisbon modern society, transmitting social, cultural and religious worries, becoming a public health issue due to the amount of bodies deposit in such a small space and in a short time.
URI: http://hdl.handle.net/10316/92015
DOI: 10.21747/978-989-8970-25-1/arqa145
Direitos: openAccess
Aparece nas coleções:I&D CIAS - Artigos e Resumos em Livros de Actas

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato
Art9.18_IIICAAP.pdf5.81 MBAdobe PDFVer/Abrir
Mostrar registo em formato completo

Visualizações de página

17
Visto em 26/nov/2020

Downloads

11
Visto em 26/nov/2020

Google ScholarTM

Verificar

Altmetric

Altmetric


Este registo está protegido por Licença Creative Commons Creative Commons