Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10316/86697
Title: Efeitos de um programa de exercício físico em Idosos da Comunidade de Viseu
Other Titles: Effects of a physical exercise program in the elderly Community of Viseu
Authors: Ferreira, Clara Marina Moreira 
Orientador: Campos, Maria João Carvalheiro
Keywords: idosos; força; flexibilidade; programa de exercício físico; qualidade de vida; elderly; strength; flexibility; physical exercise program; quality of life
Issue Date: 19-Oct-2018
Serial title, monograph or event: Efeitos de um programa de exercício físico em Idosos da Comunidade de Viseu
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Objetivo: O presente estudo tem como objetivo verificar os efeitos de um programa de exercício na força e flexibilidade dos membros superiores e inferiores, em idosos da comunidade de Viseu.Métodos: Realizou-se o estudo através da avaliação de três momentos: inicial, intermédio e final. Foram avaliadas 141 pessoas das quais 96 eram do sexo feminino e 45 do sexo masculino, com idades compreendidas entre os 56 e os 90 anos. Para perceber se existiam diferenças entre os três momentos de avaliação na Força dos membros inferiores e superiores e na flexibilidade dos membros inferiores (MI) e superiores (MS), foi aplicado o teste de Friedman. Posteriormente para saber entre que momentos haviam diferenças significativas utilizou-se o teste de Wilcoxon. Para terminar aplicou-se o teste de Kruskal-Wallis, para entender se haveria diferenças entre género.Resultados: Os resultados mostram diferenças estatisticamente significativas na força MI, mais especificamente entre o momento inicial e intermédio e o momento inicial e final. No fator género apenas foram encontradas diferenças estatisticamente significativas no momento inicial (p = 0,05). A força MS não apresentou diferenças estatisticamente significativas (p = 0,273) entre os diferentes momentos de avaliação. O mesmo aconteceu quando se analisaram as diferenças entre género. Nos três momentos de avaliação o valor de significância (p) obtido foi superior a 0,05. A capacidade Flexibilidade apresentou resultados muito semelhantes nos membros inferiores e superiores. Comprovaram-se diferenças estatisticamente significativas entre as três avaliações. O teste de Wilcoxon mostrou que existiam diferenças entre o momento inicial e intermedio, entre o momento intermédio e final e também entre o momento inicial e final. O fator género não foi diferente mostrou diferenças estatisticamente significativas (p = 0,00).Conclusão: O estudo vai de encontro à literatura encontrada e apresenta resultados de melhoria quer ao nível da força quer ao nível da flexibilidade. Vem ainda dar força à necessidade da prática de exercício físico na terceira idade para não só ser possível mais autonomia, mas também uma melhor qualidade de vida. Este trabalho permite-nos perceber que há necessidade de fazer ajustes no programa aplicado, para dar melhor resposta às necessidades do idoso.
Objective: This study goal was to verify the effects of an exercise program on the strength and flexibility of the upper and lower limbs in the elderly in the community of Viseu.Methods: The study was carried out through three moments: initial, middle and final. 141 people of which 96 were female and 45 males, between the ages of 56 and 90 years, were evaluated. To see if there were differences between the three evaluation moments in the strength of the lower and upper limbs and the flexibility of the lower and upper limbs, the Friedman test was applied. Later to know between which moments there were significant differences the Wilcoxon test was used. To finish the study the test of Kruskal-Wallis was applied, to understand whether there would be differences between gender or not.Results: The results show statistically significant differences in the lower limbs strength capacity, more specifically between the initial and intermediate moment and the initial and final moment. In the gender factor only statistically significant differences were found at the initial evaluation (p = 0,05). The upper limbs force did not present statistically significant differences (p = 0,273) between the different evaluation times. The case was the same when the differences between gender were analyzed. In the three moments of evaluation the value of significance (p) obtained was higher than 0,05. The flexibility capacity presented very similar results in the lower and upper limbs. Statistically significant differences were proved between the three evaluations. The Wilcoxon test showed that there were differences between the initial and intermediate moment, between the middle and final moment and between the initial and final moment. The gender factor showed statistically significant differences (p = 0,00).Conclusion: The study goes back up the literature found and presents results of improvement both at the level of the strength and the level of flexibility. It also gives strength to the need for the practice of physical exercise in the elderly to not only be possible more autonomy, but a better quality of life. This work allows us to realize that there is a need to adjust in the program applied to better fulfill the needs of older people.
Description: Dissertação de Mestrado em Exercício e Saúde em Populações Especiais apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física
URI: https://hdl.handle.net/10316/86697
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação Clara Ferreira.pdf533.17 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

484
checked on Apr 16, 2024

Download(s) 50

692
checked on Apr 16, 2024

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons