Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/86672
Title: Nanomateriais como biossensores para a deteção precoce do VIH
Other Titles: Nanomaterials as biosensors for early HIV detection
Authors: Mendes, Tânia Gonçalves 
Orientador: Sousa, Cristina Clara da Fonseca de
Leitão, João Manuel Martins
Keywords: Nanomateriais; Biossensores; VIH; SIDA; Deteção do VIH; Nanomaterials; biosensors; HIV; AIDS; HIV detection
Issue Date: 14-Mar-2019
Serial title, monograph or event: Nanomateriais como biossensores para a deteção precoce do VIH
Place of publication or event: Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra e Farmácia Sol- Monte Redondo e Erasmus. Valência
Abstract: O Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas da Faculdade de Farmácia da Universidade Coimbra oferece a possibilidade de experimentar uma realidade profissional através dos estágios curriculares, dentro dos quais se encontram as áreas de Farmácia Comunitária, Hospitalar e Indústria Farmacêutica, antes da entrada no mercado. Realizei estágio na área Hospitalar em Valência, Espanha, através do Programa Erasmus+ Estágios, onde tive o grande privilégio de estagiar no Hospital La Fe durante três meses, de 1 de Fevereiro a 30 de Abril de 2018, na área de Atenção Farmacêutica a Pacientes Externos (UFPE), onde se realiza um trabalho cooperativo, em que o farmacêutico tem um papel importante no uso dos medicamentos de forma correta, racional e responsável com o fim de conseguir ótimos resultados e melhorar a qualidade de vida com o mínimo risco de reações adversas. Houve um maior contacto com doentes oncológicos, seropositivos e com fibrose quística, entre muitos outros, mas em menor escala. Durante o tempo de estágio, fora esta realidade, fui inserida num projeto de estudo que consistia em estudar o efeito terapêutico, a aderência e o nível de satisfação dos pacientes em tratamento com Alirocumab e Evolocumab com a finalidade de baixar e estabilizar os níveis de colesterol LDL, estudo este que atingiu resultados bastante positivos. Fui avaliada no final do estágio, pela minha orientadora, o Chefe de serviço e outros farmacêuticos do serviço com uma apresentação oral deste mesmo projeto e pela memória escrita a qual foi entregue na Faculdade de Farmácia de Valência à responsável do departamento de Erasmus. Por fim, mas não menos importante realizei o estágio em Farmácia Comunitária, em Monte Redondo, Portugal, na Farmácia Sol, inserida no grupo de Farmácias Holon, num período de 648 horas, desde 2 de Maio a 12 de Agosto de 2018. Esta experiência final vai ser falada pormenorizadamente ao longo do relatório onde falarei de todo o processo, desde o backoffice até ao atendimento, e toda a importância do papel farmacêutico nesta área que tanto contacto tem com o público. Os sensores e/ou biossensores são dispositivos analíticos aplicados em diferentes áreas como nomeadamente na área biomédica para a deteção de vírus. Os vírus são dos agentes infeciosos que apresentam dimensões mais pequenas, podendo causar inúmeras doenças, tais como a ébola, a gripe comum, a meningite e a síndrome da imunodeficiência adquirida (SIDA), entre outras. A SIDA é uma das doenças pandémicas globais, e resulta da infeção pelo vírus da imunodeficiência humana (VIH). Se o tratamento antirretroviral adequado for selecionado numa fase precoce da infeção, tanto o risco de contrair SIDA como o de transmissão do vírus conseguem largamente ser reduzidos. A alta prevalência de doenças como esta, a par doutras, muito se deve à falta de meios e de ferramentas que propiciem uma deteção eficaz, rápida e seletiva. Nesta monografia, será demonstrada a possibilidade de se atingir este objetivo com a utilização de nanomateriais, através da deteção do vírus num estágio precoce da infeção. Serão então apresentados nanobiossensores, biossensores baseados em nanopartículas, que se pensam ter estas características, os quais poderão vir a mudar radicalmente a realidade de deteção do VIH.
The Integrated Masters in Pharmaceutical Sciences of the Faculty of Pharmacy of the University of Coimbra offers the possibility of experiencing a professional reality through the curricular stages, within which are the areas of Community Pharmacy, Hospital and Pharmaceutical Industry, before entering the market.I completed my internship in the Hospital area in Valencia, Spain, through the Erasmus + Internships Program, where I had the great privilege of interning at La Fe Hospital for three months, from 1st February to 30th April 2018, in the area of ​​Outpatient Pharmaceutical Care (UFPE), where a cooperative work is carried out, in which the pharmacist plays an important role in the correct, rational and responsible use of the medicines in order to achieve optimal results and improve the quality of life with the minimum risk of adverse reactions . There was greater contact with cancer patients, seropositive and with cystic fibrosis, among many others, but on a smaller scale. During the internship period, this was part of a study project that consisted of studying the therapeutic effect, adherence and level of satisfaction of patients on Alirocumab and Evolocumab in order to lower and stabilize cholesterol levels LDL, a study that achieved very positive results. I was evaluated at the end of the stage by my supervisor, the Head of the service and other pharmacists of the service with an oral presentation of this same project and by the written memory which was delivered to the Faculty of Pharmacy of Valencia to the head of the Erasmus department.Last but not least, I completed my internship in Community Pharmacy in Monte Redondo, Portugal, at Sol Pharmacy, part of the Holon Pharmacy group, in a period of 648 hours, from May 2 to August 12, 2018. This experience final will be spoken in detail throughout the report where I will talk about the whole process, from the backoffice to the service, and all the importance of the pharmaceutical role in this area that has so much contact with the public.The sensors and/or biosensors are analytical devices applied in different areas such as the biomedical area for virus detection.Viruses are among the smallest infectious agents that can cause numerous diseases like Ebola, Common Flu, Meningitis, Acquired Immune Deficiency Syndrome among many more. AIDS is one of the global pandemic diseases that results from HIV infection, if an adequate antiretroviral treatment is selected at an early stage of infection, the risk of obtaining AIDS and even transmission is largely reduced. The high prevalence of diseases like this one, among others, is largely due to the lack of means and tools that provide rapid, effective and selective detection. In this monography it will be shown the possibility of reaching this goal by detecting the virus at an early stage with the use of nanomaterials.It will be presented nanobiosensors that are thought to have these characteristics and which can possibly radically change this reality of HIV detection.
Description: Relatório de Estágio do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas apresentado à Faculdade de Farmácia
URI: http://hdl.handle.net/10316/86672
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
F_DOCUMENTO ÚNICO_19-1-19 (1) JL (1).pdf1.02 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

320
checked on Jan 21, 2020

Download(s)

294
checked on Jan 21, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons