Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10316/86483
Title: Caracterização dos perfis de atividade em tenistas adolescentes e adultos – Estudo comparativo em piso rápido
Other Titles: Characterization of activity profiles in adolescents and adults tennis players - Comparative study on fast-floor
Authors: Likhatcheva, Carolina 
Orientador: Figueiredo, António José Barata
Sarmento, Hugo Miguel Borges
Keywords: Ténis; Análise de jogo; Performance; GPS; Tennis; Game analysis; Performance; GPS
Issue Date: 13-Apr-2018
Serial title, monograph or event: Caracterização dos perfis de atividade em tenistas adolescentes e adultos – Estudo comparativo em piso rápido
Place of publication or event: Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física
Abstract: Através do presente estudo pretendeu-se analisar o perfil de atividade de tenistas adolescentes e adultos em piso rápido. A amostra foi constituída por 3 tenistas adolescentes (14,33±0,58) e 3 tenistas adultos (20,33±2,52) das categorias sub-16 e séniores. Para a recolha de dados recorreu-se a um equipamento de rastreamento de GPS (FieldWiz, versão A8), com dispositivos individuais.No sentido de sintetizar a evidência cientifica relativa aos perfis de atividade de tenistas adolescentes e adultos, foi realizada uma revisão sistemática de literatura (artigo 1). Para tal, foram realizadas buscas em três bases de dados eletrónicas: Web of Science, Sport Discus e PubMed. Foi utilizada a palavra-chave “tennis”, associada aos termos: “match activity”, “match analisys”, “game activity”, “performance analisys”, “activity profile” e “running”. Após a selecção dos artigos segundo os critérios de inclusão, foram incluídos 5 artigos. Os resultados sugeriram a existência de diferenças entre tenistas adolescentes e adultos, e que os mesmos apresentaram um distância percorrida e número de acelerações superiores em terra batida, comparativamente ao que sucede em piso rápido o que se deve ao maior envolvimento em ações de alta intensidade. Apresentaram também diferenças no desempenho físico durante um jogo, o que pode ser melhorado com a ingestão de cafeína.No sentido de verificarmos se existiam diferenças nos perfis de atividade em tenistas adolescentes e adultos em piso rápido, realizámos um estudo (artigo 2) com 6 tenistas. A recolha de dados foi realizada em campos de piso rápido, em que cada atleta utilizou um GPS e um cardiofrequêncimentro Polar® (T34, Finland) realizando dois jogos à melhor de três sets. Os resultados demonstraram a existência de diferenças na velocidade média entre o grupo de adolescentes e adultos, e entre os dois grupos vitoriosos, nas quais os adolescentes apresentaram valores superiores. Por outro lado, não foram encontradas diferenças no grupo de adolescentes e no grupo de adultos em função do resultado (derrota vs. vitória), e entre o grupo de adolescentes e adultos derrotados.
The aim of this study was to analyze the activity profile of teenage and adult tennis players on the fast floor. The sample consisted of 3 adolescent tennis players (14.33 ± 0.58) and 3 adult tennis players (20.33 ± 2.52) of the under-16 and senior categories. For data collection a GPS tracking device (FieldWiz, version A8) was used with individual devices. In order to synthesize the scientific evidence regarding the activity profiles of adolescents and adults, a systematic literature review was performed (article 1). For that, searches were conducted in three electronic databases: Web of Science, Sport Discus and PubMed. The keyword "tennis" was used, associated with the terms "match activity", "match analysis", "game activity", "performance analysis", "activity profile" and "running". After the selection of the articles according to the inclusion criteria, 5 articles were included. The results suggested the existence of differences between adolescent and adult tennis players, and that they present a distance covered and number of accelerations upper in clay compared to what happens in fast floor, which is due to the greater involvement in high intensity actions. They also show differences in physical performance during a game, which can be improved bay caffeine intake.In order to verify if there are differences in the profiles of activity in adolescents and adults in fast floor, we conducted a study (article 2) with 6 tennis players. Data collection was performed in fast-floor courts, where each athlete used a GPS and a Polar® cardio frequency (T34, Finland) performing two games to the best of three sets. The results showed the existence of differences in the average speed between the group of adolescents and adults, and between the two winning groups, in which the adolescents presented higher values. On the other hand, no differences were found in the group of adolescents and in the group of adults according to the result (defeat vs. victory), and among the group of adolescents and adults defeated.
Description: Dissertação de Mestrado em Treino Desportivo para Crianças e Jovens apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física
URI: https://hdl.handle.net/10316/86483
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação de Mestrado - Carolina Likhatcheva.pdf1.4 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

441
checked on Jun 18, 2024

Download(s) 50

350
checked on Jun 18, 2024

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons