Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/86303
Title: Cafeína e frequência das exarcerbações na doença pulmonar obstrutiva crónica
Authors: Lopes, Pedro Miguel Ribeiro Oliveira 
Orientador: Santos, Rodrigo Pinto dos
Cunha, Antunes da
Alfaro, Tiago Manuel Pombo
Keywords: Doença pulmonar obstrutiva crónica; Cafeína; Pneumologia
Issue Date: Apr-2013
Abstract: Background: A doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC) é uma doença que se caracteriza por uma obstrução ao fluxo aéreo não totalmente reversível. Reveste-se de importância dado ser uma das maiores causas de mortalidade e mortalidade. É caracterizada por inflamação persistente e remodelação dos tecidos que vão contribuir para o declínio gradual e progressivo da função pulmonar. A adenosina é uma molécula sinalizadora paracrina produzida em resposta ao streess ou lesão celular. A concentração extracelular de adenosina aumenta na DPOC e a intervenção nos seus receptores configura-se como uma opção terapêutica na DPOC, a exemplo de outras patologias pulmonares. Por isso, pretendemos agora estudar se o consumo da cafeína, um antagonista dos receptores da adenosina, influencia a frequência das exacerbações em doentes com DPOC. Métodos: Num estudo retrospectivo, foram realizados inquéritos telefónicos a 98 doentes com diagnóstico de DPOC seguidos nos hospitais da Universidade de Coimbra e foram registados os dados sobre o consumo médio diário de cafeína, número de exacerbações, hábitos tabágicos, idade e sexo. As provas funcionais desses doentes foram consultadas. Resultados: Não se observou uma correlação entre o consumo de cafeína e a frequência das exacerbações nos doentes estudados. Observouse, no entanto, correlação positiva entre o volume expiratório máximo por segundo (VEMS) e a frequência das exacerbações, assim como, entre o consumo de cafeína e o VEMS em indivíduos não fumadores ou ex-fumadores. Conclusões: Apesar de ser capaz de alterar a função pulmonar e, eventualmente, o curso da doença, o consumo de cafeína não mostrou alterar a frequência de exacerbações em doentes com DPOC.
Background: Chronic obstructive pulmonary disease (COPD) is a major cause of mortality and morbidity, characterized by airway obstruction that is not fully reversible. It involves a persistent lung inflammation and tissue remodelling that contributes to the gradual and progressive decline of lung function. Adenosine is a paracrine signalling molecule produced in response to stress or cellular injury. Diseases such as COPD increase the extracellular concentrations of adenosine and the manipulation of adenosine receptors has been proposed as a therapeutic strategy to manage lung diseases, namely COPD. However, since the influence of caffeine, an antagonist of adenosine receptors, in COPD has never been explored, we now tested if caffeine consumption affects the frequency of exacerbations in patients with COPD. Methods: In a retrospective study, telephone surveys were conducted in 98 patients with the diagnosis of COPD, followed in the hospitals of the University of Coimbra. The average daily caffeine consumption, number of exacerbations, smoking habits, age and gender were recorded as well as the results or the pulmonary function tests. Results: No correlation was found between caffeine consumption and the frequency of exacerbations in the studied patients. However, there was a positive correlation between per-second forced expiratory volume (FEV) and the frequency of exacerbations. Also, a positive correlation was also found between caffeine consumption and FEV in non-smokers or ex-smokers. Conclusions: Despite being able to improve pulmonary function and, eventually, alter the course of the disease, caffeine consumption showed no interference on the frequency of exacerbations in patients with COPD.
Description: Trabalho final de mestrado integrado em Medicina área científica de Pneumologia, apresentado á Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/86303
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Capa tese.pdf68.26 kBAdobe PDFView/Open
Tese final.pdf162.5 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

281
checked on Nov 11, 2019

Download(s)

179
checked on Nov 11, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.