Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/85965
Title: Glaucoma e doença de Alzheimer
Authors: Brito, Sergio Filipe Seco da Silva 
Orientador: Proença, Rui Daniel Mateus Barreiros
Santana, Maria Isabel Jacinto
Keywords: Glaucoma; Doença de Alzheimer; doença neurodegenerativa; apoptose; neuroprotecção; β-amilóide; células ganglionares da retina; pressão intraocular; caspases
Issue Date: May-2011
Abstract: O glaucoma é uma entidade nosológica heterogénea, com uma classificação fisiopatológica diversificada, caracterizada por uma neuropatia óptica associada à perda progressiva e silenciosa de células ganglionares da retina. Representa, no cômputo geral, uma das principais causas de perda da acuidade visual, constituindo assim um dramático e crescente problema de saúde pública, com relevantes repercussões socioeconómicas. Classicamente, considera-se inerente à fisiopatologia do glaucoma uma elevação da pressão intraocular, pelo que todo o investimento terapêutico tem sido centralizado no seu controlo. Todavia, apesar de ser um inquestionável factor de risco, a hipertensão intraocular e o seu controlo terapêutico não justificam o advento e a progressão da totalidade dos subtipos de glaucoma primário. Neste sentido, inúmeras investigações emergentes têm sido conduzidas para encontrar outras possíveis causas e associações imputáveis. Embora envolto em controvérsia, estudos laboratoriais e clínicos recentes revelaram numerosos indícios de uma provável associação do glaucoma com outras patologias neurodegenerativas, tais como a Doença de Alzheimer. Poderão o Glaucoma e a Doença de Alzheimer representar o espectro de uma mesma patologia? Apresentam factores de risco similares ou partilham mecanismos fisiopatológicos comuns? Qual a importância diagnóstica? Será eficaz e segura a utilização no glaucoma de medicação neuroprotectora aprovada para a Doença de Alzheimer? A avaliação desta associação tem um potencial interesse futuro nas estratégias de diagnóstico e terapêutica do glaucoma, com o intuito de optimizar o controlo da progressão para uma irreversível e inexorável perda de visão. Este trabalho pretende ser uma revisão sistematizada da literatura actual sobre este tema expondo os aspectos epidemiológicos, etiopatogénicos, diagnósticos e terapêuticos mais relevantes e controversos. Como complemento, e resultante de uma articulação entre os serviços de Neurologia e Oftalmologia, serão apresentados os resultados de uma avaliação clínica da incidência e progressão de glaucoma em doentes com Doença de Alzheimer, assistidos nos Hospitais da Universidade de Coimbra
Glaucoma is a heterogeneous nosological entity with a diverse pathophysiological classification, characterized by optic neuropathy associated with quiet and progressive loss of retinal ganglion cells. It represents, on balance, a major cause of loss of visual acuity, thus constituting a dramatic and growing public health problem with significant social and economic impacts. Classically, it is inherent in the pathophysiology of glaucoma an elevation of intraocular pressure, so that all the therapeutic investment has been centered in its control. However, despite being an undisputed risk factor, the intraocular hypertension and its therapeutic control do not justify the advent and progression of all subtypes of glaucoma. In this regard, numerous investigations have been conducted emerging to find other possible causes and associations accountable. Although shrouded in controversy, recent clinical and laboratory studies have revealed numerous indications of a possible association of glaucoma with other neurodegenerative disorders such as Alzheimer's disease. Can glaucoma and Alzheimer's disease represent the spectrum of a single pathology? Present risk factors similar or share common pathogenic mechanisms? How important is diagnosis? It is effective and safe use medication approved for Alzheimer's Disease in the neuroprotective of glaucoma ? The evaluation of this combination has a potential interest in future strategies for diagnosis and treatment of glaucoma, with the aim of optimizing the control of progression to an irreversible and inexorable loss of vision. This paper aims to be a systematic review of current literature on this topic, stating the epidemiological, etiopathogenic, diagnostic and therapeutic most relevant and controversial facts. In addition, and as a result of a liaison between the departments of Neurology and Ophthalmology, also present the results of a clinical evaluation of glaucoma´s incidence and progression in patients with Alzheimer's disease, attended in Hospitais da Universidade de Coimbra-Portugal
Description: Trabalho final de mestrado integrado em Medicina área científica de Oftalmologia, apresentado à Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/85965
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Brito,Sérgio-Glaucoma e Doença de Alzheimer, FMUC,2011.pdf763.4 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

99
checked on Apr 8, 2020

Download(s)

147
checked on Apr 8, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.