Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/85408
Title: Análise comparativa dos níveis de resiliência em comunidades com e sem serviço interno de psicologia
Other Titles: Comparative analysis of resilience levels in communities with and without internal psychology service
Authors: Musu, Claudia 
Orientador: Ferreira, Joaquim Armando Gomes Alves
Keywords: resiliência; suporte psicológico; Comunidade de Acolhimento; resilience; host communities; psychological support
Issue Date: 27-Feb-2018
Serial title, monograph or event: Análise comparativa dos níveis de resiliência em comunidades com e sem serviço interno de psicologia
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: O presente estudo tem como objetivo perceber se uma comunidade que oferece um serviço psicológico interno, comparada com uma comunidade que se apoia num serviço psicológico externo, ajuda os utente a desenvolver uma melhor resiliência no período necessário para uma reabilitação social digna.A amostra é constituída por 77 participantes com idades compreendidas entre os 14 e os 45 anos. Assim, a investigação pretende responder as seguintes hipóteses: se existem diferenças significativas ao nível da resiliência entre as comunidades com psicólogo interno e as comunidades sem psicólogo interno; se existem diferenças nos níveis de resiliência em função do sexo e da comunidade a que pertencem; existem diferenças nos níveis de resiliência tendo em conta o tipo de suporte psicológico que foi atribuído a cada individuo, em cada uma das comunidades e se existem relações significativas entre a idade, ter irmãos, tempo de permanência na comunidade e a resiliência;Antes de tudo é importante ressalvar que esta investigação consiste numa análise exploratória, que não deverá ser tido em conta para a generalidade da população, uma vez que a amostra é apenas de 77 participantes, o distrito tomado em consideração é só o de Cagliari, e o presente estudo é feito com uma amostra de conveniência sendo que todos são utentes das comunidades.Para efeito, recorreu-se a uma metodologia quantitativa através de um questionário socio demográfico e a aplicação da Connor – Davidson Resilience Scale (CD – RISC) (Connor & Davidson, 2003).Podemos afirmar que existem diferenças estatisticamente significativas entre as comunidades que possuem psicólogo e comunidades que não dispõem de um psicólogo. As comunidades com psicólogo ajudam a desenvolver uma resiliência maior quando comparadas com as comunidades sem psicólogo. Contudo, através da análise estatística, verificámos que os utentes apresentam uma melhoria de resiliência durante o tempo de permanência nas comunidades com ou sem psicólogo. Em suma, quem tem irmãos possui uma maior probabilidade para desenvolver níveis de resiliência menores, tal como quem abusou de substâncias estupefacientes como anfetaminas ou metanfetaminas.
This exploratory study aims to evaluate if the presence of an internal psychologist in the community helps to develop better levels of resilience compared to communities that do not have an internal psychology service.As such, 77 individuals participated in this empirical investigation; 36 of them live in a community with a psychologist and the other 41 live in a community without a psychologist. The sample was collected in Italy, in communities living in the district of Cagliari.For that purpose, a quantitative methodology was used through a socio-demographic questionnaire and the Connor-Davidson Resilience Scale (CD-RISC) (Connor & Davidson, 2003).First of all, it is important to note that this investigation consists of an exploratory analysis, which should not be taken into account for the majority of the population, since the sample is only 77 participants, the district taken into account is only Cagliari, and the present study is done with a convenience sample and all are users of the communities.For that purpose, a quantitative methodology was used through a socio-demographic questionnaire and the Connor-Davidson Resilience Scale (CD-RISC) application (Connor & Davidson, 2003).From the results we verified communities with psychologists help develop greater resilience when compared to communities without a psychologist. However, through statistical analysis, we found that users showed an improvement in resilience during the time spent in communities with or without a psychologist. In short, those who have siblings are more likely to develop lower levels of resilience, such as those who have abused narcotic drugs such as amphetamines or methamphetamine.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Psicologia apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10316/85408
Rights: closedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
Tese Final Claudia Musu.pdf295.37 kBAdobe PDF    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

279
checked on Apr 8, 2020

Download(s)

273
checked on Apr 8, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons