Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/85402
Title: Participação em Drinking Games: O efeito da Personalidade e dos Motivos para consumir bebidas alcoólicas
Other Titles: Participation in Drinking Games: The effect of Personality and Motives to the use of alcohol
Authors: Castro, Armanda Isabel Brás 
Orientador: Ferreira, Joaquim Armando Gomes Alves
Keywords: drinking games; motivos; traços de personalidade; frequência; quantidade; drinking games; motives; personality traits; frequency; quantity
Issue Date: 27-Feb-2018
Serial title, monograph or event: Participação em Drinking Games: O efeito da Personalidade e dos Motivos para consumir bebidas alcoólicas
Place of publication or event: Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
Abstract: Os Drinking Games são uma prática de consumo de álcool amplamente utilizada pelos estudantes universitários que consistem na realização de jogos de forma a induzir uma maior quantidade de álcool num menor espaço de tempo, resultando numa intoxicação alcoólica mais rápida. Dada a desconhecida existência de outros estudos relativamente a esta temática em Portugal, o presente estudo tem como principais objetivos estabelecer uma caraterização inicial desta prática no contexto universitário português, mais concretamente, na Universidade de Coimbra, assim como perceber se existe uma relação entre os Motivos e os Traços de Personalidade para a Frequência com que os indivíduos participam em Drinking Games e para Quantidade de álcool por eles ingerida durante os jogos.O presente trabalho tem por base uma amostra de 164 estudantes da Universidade de Coimbra, entre os 17 e os 25 anos de idade, dos quais 20.7% correspondem ao sexo Masculino e 79.3% ao sexo Feminino, que consumiram bebidas alcoólicas durante o último ano. Os resultados obtidos através do teste t de Student demonstram a existência de diferenças significativas quanto ao sexo, sendo que os Homens mostram consumir mais por Motivos de Coping e Conformidade e o consumo das Mulheres está mais associado aos Traços de Personalidade Conscienciosidade e Neuroticismo.Verificou-se igualmente que os Motivos não se mostram melhores preditores para a Quantidade de álcool consumido e para a Frequência de Drinking Games do que os Traços de Personalidade, sendo que a Frequência de participação em Drinking Games mostrou apenas a existência de uma correlação estatisticamente significativa com os Motivos Sociais e de Enhancement. Pelo contrário, verificou-se uma influência dos Traços de Personalidade Conscienciosidade e Neuroticismo para a Frequência. No que diz respeito à Quantidade de álcool ingerido, a análise de correlações mostrou relações significativas entre esta e os Motivos Sociais, de Coping, de Enhancement, e entre o Traço de Personalidade Neuroticismo e a Quantidade. Apesar das limitações no número da amostra, o presente estudo permitiu obter algumas conclusões importantes em termos científicos, de modo a entender o comportamento dos Drinking Games entre estudantes universitários e, por conseguinte, melhorar os esforços para a implementação de programas de prevenção e redução dos impactos negativos derivados desta prática.
Drinking Games are a practice of alcohol consumption widely used by college students that consists in playing games in order to induce a greater amount of alcohol in a shorter period of time, resulting in faster alcohol intoxication.Given the unknown existence of other studies related to this subject in Portugal, the present study has as main objectives to establish an initial characterization of this practice in the Portuguese university context, more concretely, in the University of Coimbra, as well as to see if there is a relation between the Motives and Personality Traits for the Frequency in which individuals participate in Drinking Games and for the amount of alcohol they ingest during these games.The present study is based on a sample of 164 students from the University of Coimbra, ages range from 17 to 25 years old, of whom 20.7% are male and 79.3% female, who reported alcoholic beverages consume during the last year.The results obtained through the Student’s t test demonstrate a significant difference between Male and Female participants, in which Men consume more for Coping and Conformity Motives and Women’s consumption is more associated with the Traits of Personality Conscientiousness and Neuroticism.It was also verified that the Motives are not better predictors for the Amount of alcohol consumed and for the Frequency of Drinking Games than the Personality Traits. Frequency of participation in Drinking Games showed only one correlation statistically significant with Social and Enhancement Motives. Otherwise, data shows that Personality Traits Conscientiousness and Neuroticism have a great influence in Frequency. With regard to the amount of alcohol consumed, a correlation analysis showed significant relationships between Social, Coping and Enhancement Motives and Quantity and between the Personality Trait Neuroticism and Quantity. Despite the limitations of the sample, the present study allowed to obtain some important conclusions in scientific terms, in order to understand the behavior of Drinking Games among university students and, therefore, to improve the efforts for the implementation of programs of prevention and reduction of the impacts of this practice.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Psicologia apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10316/85402
Rights: closedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
TESE-ARMANDA-CASTRO.pdf509.66 kBAdobe PDF    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

288
checked on Apr 1, 2020

Download(s)

277
checked on Apr 1, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons