Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/84865
Title: Síndrome hepatorrenal
Authors: Aguiar, Vanessa Filipa Melo Chaves da Silva 
Orientador: Alves, Rui Manuel Baptista
Romãozinho, Catarina Pinto da Rocha de Moura
Keywords: Síndrome hepatorrenal; insuficiência renal; transplante hepático; tratamento; vasoconstritores
Issue Date: Mar-2013
Keywords: Síndrome hepatorrenal; insuficiência renal; transplante hepático; tratamento; vasoconstritores
Issue Date: Mar-2013
Abstract: O síndrome hepatorrenal (SHR) caracteriza-se por uma insuficiência renal em doentes com hepatopatia e tem uma elevada taxa de mortalidade. Este trabalho consiste num artigo de revisão sobre o SHR e foi feito com base numa pesquisa bibliográfica da pubmed. O objetivo deste trabalho foi contextualizar o conhecimento já existente sobre este síndrome. Para tal, foram sumariadas as várias descobertas nesta área ao longo dos últimos anos relativas à incidência e prevalência, variantes do SHR, novos marcadores de insuficiência renal, fisiopatologia, fatores precipitantes, estratégias preventivas, clínica, diagnóstico, diagnóstico diferencial e tratamento. A fisiopatologia do SHR envolve vários sistemas orgânicos e é importante na compreensão do mecanismo de ação da doença e no desenvolvimento de estratégias terapêuticas. Os fatores precipitantes do SHR devem ser evitados e devem ser tomadas medidas profiláticas e uma vigilância rigorosa da patologia hepática de base. A terapêutica definitiva é o transplante hepático. Porém, já existem tratamentos promissores, como os fármacos vasoconstritores, o TIPS e as terapêuticas de reposição renal e hepática.
Hepatorenal syndrome (HRS) is a form of renal failure with high mortality that occurs in patients with advanced liver disease. In this review, based in published data from pubmed in the previous years, several aspects of this syndrome will be focused, like its incidence and prevalence, types of HRS, new markers of renal failure, physiopathology, precipitating factors, prevention, clinical aspects, diagnosis, differential diagnosis and treatment. The underlying physiopathological mechanisms of HRS involve multiple organic systems and their comprehension is important to the development of new therapeutic strategies. There are several precipitating factors that should be avoided and profilatic measures that should be taken, as well as a rigorous control of the underlying hepatic disease. Hepatic transplantation is the only definitive treatment. Despite of that, there are new promising therapies like vasoconstrictors, TIPS and hepatic and renal supportive treatments
Description: Trabalho final de mestrado integrado em Medicina área científica de Nefrologia, apresentado á Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/84865
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Med. Dentária - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Vanessa Filipa Melo Chaves da Silva Aguiar, Síndrome Hepatorrenal, FMUC, 2013.pdf1.35 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

50
checked on Aug 13, 2019

Download(s) 50

192
checked on Aug 13, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.