Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/84408
Title: Relatórios de Estágio e Monografia intitulada “Associação entre Síndrome de Apneia Obstrutiva do Sono Pediátrica e Hiperatividade: Correlação ou Acaso?”
Other Titles: Internship Reports and Master’s Monograph entitled “Association between Pediatric Obstructive Sleep Apnea Syndrome and Hyperactivity: Correlation or Chance?”
Authors: Ramos, Nádia Ferreira 
Orientador: Miranda, Cátia Sofia Cordeiro
Cavadas, Cláudia Margarida Gonçalves
Almeida, Sandra Lopes de
Keywords: Indústria Farmacêutica; Farmácia Comunitária; Apneia Obstrutiva do Sono; Hiperatividade; Roncopatia; Pharmaceutical Industry; Community Pharmacy; Obstructive Sleep Apnea; Hyperactivity; Snoring
Issue Date: 11-Sep-2018
Abstract: O estágio curricular concede formação prática, sendo a oportunidade de poder contactar com a realidade diária do trabalho de um farmacêutico. É também a possibilidade de consolidar os conhecimentos adquiridos no Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticos e de adquirir novos saberes e métodos de trabalho. Em suma, preparou-me para ser uma melhor farmacêutica no futuro e melhorou o meu espírito de equipa e sentido crítico.Ao longo de sete meses e num total de 1131 horas pude contactar com a rotina diária de um farmacêutico quer no seio de uma indústria farmacêutica, a Bluepharma, como numa farmácia comunitária, a Farmácia Soure. Foram meses de imensa evolução, tanto a nível profissional como pessoal. Concluindo, revelaram-se dois estágios muito gratificantes, completos e enriquecedores. Nos relatórios de estágio realizei uma análise crítica de ambos os estágios no formato de análise SWOT, onde enumerei os pontos fortes, pontos fracos, oportunidades e ameaças que se salientaram no decorrer dos dois estágios curriculares.A síndrome de apneia obstrutiva do sono (SAOS) pediátrica é um distúrbio do sono definido pela ocorrência de pelo menos um episódio de apneia (obstrução total das vias aéreas) ou hipopneia (obstrução parcial). Existem assim pausas no fluxo de ar, surgindo consequentemente hipoxia e fragmentação do sono. A SAOS pode estar associada ao aparecimento de comorbidades cardiovasculares, endócrinas, metabólicas e neurocognitivas. A curto prazo também se podem observar diversos sintomas característicos da obstrução da via aérea superior, como seja a roncopatia. Um diagnóstico precoce da SAOS é essencial. Usualmente inicia-se sempre pela elaboração de uma história clínica, sendo que numa fase posterior o gold standard é a polissonografia. Com o diagnóstico correto é assim possível optar pelo tratamento mais adequado. No caso de a criança apresentar hipertrofia adenoamigdaliana (causa mais comum da apneia do sono) e não ter contraindicação para cirurgia, a adenoamigalectomia é o tratamento de escolha. Como segunda linha surge o uso de dispositivos de indução de pressão contínua nas vias aéreas.Atualmente tem sido clara a existência de uma relação entre os distúrbios respiratórios do sono e a perturbação de hiperatividade com défice de atenção (PHDA). A PHDA é um distúrbio neurocomportamental caracterizado por hiperatividade, impulsividade e escassez de atenção. Recentemente tem sido notória uma sobreposição dos sintomas e sinais da SAOS e da PHDA, possivelmente como consequência de uma hipoxia prolongada induzida pela apneia obstrutiva do sono. Presumivelmente, esta hipoxia altera a transmissão dopaminérgica, adrenérgica e/ou glutamatérgica no córtex pré-frontal o que pode contribuir para a existência de défice neurocognitivo. Os distúrbios do sono podem levar a consequências comportamentais e cognitivas que podem mimetizar a PHDA. É assim essencial primeiramente despistar todas as crianças suspeitas de terem a PHDA para a SAOS. Caso se venha a verificar este distúrbio respiratório do sono, é desejável primeiro proceder-se ao tratamento da SAOS e, posteriormente, avaliar se ainda permanecem os sintomas de hiperatividade. Muitos estudos têm provado que após a adenoamigdalectomia existe uma melhoria dos sintomas de hiperatividade com défice de atenção. O conhecimento da relevância de um diagnóstico precoce da SAOS na população infantil, pela sua possível implicação no desenvolvimento da PHDA, é de extrema relevância em contexto da atuação do farmacêutico na farmácia comunitária.
The curricular internship grants practical training, being the opportunity to be able to contact with the daily reality of the work of a pharmacist. It is also the possibility to consolidate the knowledge acquired in the Integrated Master’s degree in Pharmaceutical Sciences and to acquire new skills and working methods. In short, it prepared me to be a better pharmacist in the future and improved my team spirit and critical sense.Over the course of seven months and for a total of 1131 hours I was able to contact with the daily routine of a pharmacist either within a pharmaceutical industry, Bluepharma, or in a community pharmacy, Soure Pharmacy. There were months of immense evolution, both professionally and personally. Concluding, the two internships proved to be truly rewarding, complete and enriching. In the internship reports I performed a critical analysis of both internships in the SWOT analysis format, where I listed the strengths, weaknesses, opportunities and threats that have been highlighted during the two curricular internships.The pediatric obstructive sleep apnea syndrome (OSAS) is a sleep disorder defined by the occurrence of at least one episode of apnea (complete airway obstruction) or hypopnea (partial obstruction). Thus, there are pauses in the airflow, resulting consequently in hypoxia and sleep fragmentation. OSAS may be associated with the appearance of cardiovascular, endocrine, metabolic and neurocognitive comorbidities. In the short term, it is also possible to observe several characteristic symptoms of the upper airway obstruction, such as snoring. An early diagnosis of OSAS is essential. Usually, it always begins with the elaboration of a clinical history, and in a later stage the gold standard is the polysomnography. So, with the correct diagnosis it is possible to choose the most appropriate treatment. In case the children has adenotonsillar hypertrophy (the most common cause of sleep apnea) and not having any contraindication for surgery, the adenotonsillectomy is the treatment of choice. As a second treatment option arise the use of devices of induction of continuous positive airway pressure.It has now been clear the existence of a relationship between the sleep-disordered breathing and the attention-deficit/ hyperactivity disorder (ADHD). ADHD is a neurobehavioral disorder characterized by hyperactivity, impulsivity and inattention. Recently, an overlap of the OSAS and ADHD symptoms has been reported, possibly as a consequence of prolonged hypoxia induced by the obstructive sleep apnea. Presumably, this hypoxia changes the dopaminergic, adrenergic and/or glutamatergic transmission in the prefrontal cortex, which may contribute to the existence of neurocognitive deficit. The sleep disorder can lead to behavioral and cognitive consequences that can mimic ADHD. So is essential first to mislead all children suspected of having ADHD for OSAS. If this respiratory sleep disorder is present, it is desirable to first proceed to OSAS treatment and, subsequently, assess whether the symptoms of hyperactivity still remain. Several studies have shown that after adenotonsillectomy there is an improvement in symptoms of hyperactivity and inattention. The knowledge of the relevance of an early diagnosis of OSAS in the child population, due to its possible implication in the development of ADHD, is extremely relevant in the context of the pharmacist’s performance in the community pharmacy.
Description: Relatório de Estágio do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas apresentado à Faculdade de Farmácia
URI: http://hdl.handle.net/10316/84408
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Documento Único Nádia.pdf4.52 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

137
checked on May 21, 2019

Download(s) 50

132
checked on May 21, 2019

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons