Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/84266
Title: De que modo as representações individuais de vinculação dos membros de um casal se associam ao coping diádico durante a transição para a parentalidade?
Other Titles: How do individual attachment representations of both members of couples associate with dyadic coping during the transition to parenthood?
Authors: Fangaia, Maria João Belo 
Orientador: Pereira, Marco Daniel de Almeida
Canavarro, Maria Cristina Cruz Sousa Portocarrero
Keywords: vinculação; coping diádico; transição para a parentalidade; attachment; dyadic coping; transition to parenthood
Issue Date: 19-Jul-2017
Serial title, monograph or event: De que modo as representações individuais de vinculação dos membros de um casal se associam ao coping diádico durante a transição para a parentalidade?
Place of publication or event: Universidade de Coimbra - Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
Abstract: A vinculação tem um papel crucial na adaptação à transição para a parentalidade, período na vida de um casal que pode comportar maior stresse e potenciando a ativação de comportamentos de vinculação. Com efeito, esta fase requer mudanças e ajustamentos, tanto a nível individual como diádico. Adotando uma perspetiva diádica, o objetivo do presente estudo consistiu em avaliar de que modo as representações de vinculação ao parceiro se associam ao coping diádico do indivíduo, ao coping diádico percebido pelo parceiro e ao coping diádico conjunto durante a transição para a parentalidade.A amostra deste estudo transversal foi composta por 606 participantes (303 casais), recrutados durante o segundo trimestre de gravidez na consulta externa do Serviço de Obstetrícia A (Maternidade Doutor Daniel de Matos) do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC, EPE). Estes casais completaram instrumentos de autorresposta que avaliavam a vinculação (Experiências em Relações Próximas – Estruturas Relacionais) e o coping diádico (Inventário de Coping Diádico).Os resultados mostraram que tanto as mães como os pais reportaram maiores valores de ansiedade relativa à vinculação, comparativamente ao evitamento; no entanto, os pais apresentaram valores significativamente mais elevados de evitamento que as mães. Constatou-se uma associação negativa e significativa entre a ansiedade e evitamento e os diferentes indicadores de coping diádico, para pais e mães, tendo-se observado um “efeito” negativo mais preponderante do evitamento no coping diádico dos indivíduos. Na análise do Actor-Partner Interdependence Model verificaram-se efeitos-ator entre evitamento e coping diádico para mães e pais e efeitos-parceiro entre o evitamento dos pais e coping diádico das mães, bem como entre evitamento das mães e coping diádico dos pais, ainda que o efeito tenha sido mais fraco. Os resultados do presente estudo sugerem a importância de avaliar as representações de vinculação e as interações de coping diádico para ambos os membros do casal e o modo como se influenciam, com vista a perceber o potencial risco de pior adaptação psicológica dos membros do casal durante a transição para a parentalidade. Esta análise poderá integrar modelos de intervenção direcionados ao treino de aperfeiçoamento de coping para aos casais que, durante este período, se encontrem em situações de maior stresse e/ou apresentem mais dificuldades de ajustamento.
Attachment plays a crucial role in the adaptation to the transition to parenthood, a period in a couple's life that may entail higher levels of stress and potentiating the activation of attachment behaviours. Indeed, this phase requires changes and adjustments, both at individual and dyadic levels. Adopting a dyadic approach, the objective of this study was to assess how the representations of attachment to the partner are associated with the dyadic coping enacted by oneself, dyadic coping perceived by the partner and common dyadic coping, during the transition to parenthood. The sample of this cross-sectional study consisted of 606 participants (303 couples) recruited during the second trimester of pregnancy in the obstetrics appointments of the Obstetrics Service A (Maternity Daniel de Matos) from the Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC, EPE). Couples completed self-report questionnaires that assessed attachment representations (Experiences in Close Relationships-Relational Structures) and dyadic coping (Dyadic Coping Inventory). The results indicated that both mothers and fathers reported higher scores of attachment-related anxiety, compared to avoidance; nevertheless, fathers reported significantly higher scores in attachment-related avoidance than mothers. A significant negative association between attachment-related anxiety and avoidance and dyadic coping for both mothers and fathers was found; however, it was observed that a more noticeable effect of avoidance on individuals’ dyadic coping. Based on the Actor-Partner Interdependence Model, actor-effects were found between avoidance and dyadic coping for both mothers and fathers, and partner-effects between fathers’ avoidance and dyadic coping of mothers, as well as between mothers’ avoidance and dyadic coping of fathers, although the effect was less strong.The results of the present study suggest the importance of assessing the attachment representations and the interactions of dyadic coping for both partners and how they influence each other, in order to perceive the potential risk of poorer psychological adaptation of both partners during the transition to parenthood. This analysis can integrate intervention models directed to the training of improvement of coping for couples who, during this period, are in situations of greater stress and / or present problems of adjustment.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Psicologia apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10316/84266
Rights: closedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
Tese-mariajoaofangaia (versão final)..pdf1.03 MBAdobe PDF    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

341
checked on Jun 2, 2020

Download(s) 50

329
checked on Jun 2, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons