Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/83354
Title: Ciclos de Vida e Rochas Sedimentares. Formação pedagógica e práticas letivas no ensino de Biologia e Geologia do 11.º ano de escolaridade.
Other Titles: Life cycles and sedimentary rocks. Pedagogical training and teaching practices in the 11th grade of Biology and Geology.
Authors: Ferreira, Cristina Maria Seabra 
Orientador: Abrantes, Isabel Maria de Oliveira
Magalhães, Paulo Manuel
Tonicher, Pedro Miguel Callapez
Keywords: Biologia e Geologia; Ciclos de Vida; Ensino e Aprendizagem; Estágio Pedagógico; Rochas Sedimentares; Biology and Geology; Life Cycles; Pedagogical Training; Sedimentary Rocks; Teaching and Learning
Issue Date: 18-Sep-2017
Serial title, monograph or event: Ciclos de Vida e Rochas Sedimentares. Formação pedagógica e práticas letivas no ensino de Biologia e Geologia do 11.º ano de escolaridade.
Place of publication or event: Portugal
Abstract: ResumoNeste trabalho, elaborado na sequência do Estágio Pedagógico do “Mestrado em Ensino de Biologia e de Geologia no 3º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário”, pretende-se descrever e analisar, numa perspetiva crítica e reflexiva, as principais atividades desenvolvidas no âmbito da prática de ensino supervisionada, que integra a formação inicial de professores. Os trabalhos decorreram durante o ano letivo de 2014/2015, na Escola Secundária D. Duarte, em Coimbra, e envolveram uma turma do 11.º ano, com 25 alunos, que constituiu a amostra de participantes neste estudo. Procurou-se desenvolver, implementar e avaliar um conjunto de materiais didáticos e de práticas letivas para o ensino e aprendizagem de conteúdos programáticos correspondentes aos temas “Ciclos de Vida” e “Rochas Sedimentares”. Os instrumentos de recolha de dados para avaliação foram as respostas às questões das provas de avaliação sumativa respeitantes aos temas lecionados; o relatório de uma atividade laboratorial de Biologia, segundo o modelo “V de Gowin”; a avaliação da participação dos alunos no “X Congresso dos Jovens Geocientistas” (X-CJG) e dois questionários submetidos aos alunos: “Estratégias e atividades de ensino-aprendizagem” e “Avaliação de desempenho das professoras estagiárias”. No que respeita aos testes sumativos, verificou-se que, à semelhança do que tem sido constatado em estudos anteriores, os alunos são mais bem-sucedidos em questões de domínio conceptual, revelando grandes dificuldades na aplicação de conhecimentos para resolução de questões de domínio procedimental. A classificação dos relatórios foi globalmente positiva, no entanto, alguns alunos não alcançaram os objetivos mínimos propostos, o que sugere que deveria ter havido uma supervisão diferente durante a execução das tarefas, bem como um prazo mais curto para elaboração e entrega dos relatórios. A avaliação da participação no CJG foi muito positiva, tendo os alunos considerado que foi uma atividade eficaz para a sua aprendizagem. A análise dos questionários sugere que os recursos e estratégias foram motivadores da aprendizagem, destacando-se os meios audiovisuais; a resolução de exercícios em fichas de trabalho formativas; o uso de esquemas e mapas de conceitos, a observação/manuseamento de organismos e amostras de mão de rochas/minerais; as atividades práticas laboratoriais e a participação no CJG. A apreciação de desempenho docente produziu sugestões pertinentes para a sua melhoria, contudo o número de respostas foi baixo e foi notória a falta de objetividade nalgumas avaliações, tendencialmente negativas, muito provavelmente devido a classificações baixas atribuídas pela professora aos alunos com fraco desempenho nos relatórios da atividade prática laboratorial de Biologia.
AbstractThis work reports the main activities developed in the scope of the internship program year for prospective teachers, following pedagogical training within the ambit of the “Master's degree in teaching Biology and Geology in the third cycle of basic education and in secondary education” and aims to describe and analyse these activities, from a critical and reflective perspective. The internship occurred during the school year of 2014/2015, at the D. Duarte High School, in Coimbra, involving an 11th grade class, composed of 25 students, who constituted the sample of participants in this study. We tried to develop, implement and evaluate a set of teaching materials and school practices for the teaching and learning of content knowledge corresponding to the themes “Life Cycles” and “Sedimentary Rocks". Data collection instruments for evaluation were student responses to summative assessment tests on the topics taught; a Biology laboratory report, drawn up according to the Gowin’s V diagram; the evaluation of students participation in the 10th Congress of Young Geoscientists (CYG) and two student feedback questionnaires: "Strategies and activities of teaching and learning” and “Performance assessment of intern teachers". Test responses showed that, similarly to what has been found in previous studies, students are more successful in conceptual domain questions, revealing great difficulties in the use of content knowledge to answer questions of procedural domain. Overall, lab report scores were positive, however, some students did not achieve minimum learning goals, which suggests that there should have been a different supervision approach during the execution of classroom tasks, as well as a shorter period for preparation and delivery of these reports. Evaluation of student participation in the CYG was quite positive, being this considered as an effective learning activity by students. Analysis of student feedback questionnaires leads us to think that both resources and learning strategies were motivational, especially audiovisual resources, such as PowerPoint slides, formative assessment worksheets, schemes and concept maps, observation/handling of living organisms, rocks and minerals hand samples, lab practical activities and students participation in the CYG. Teacher performance appraisal brought about relevant tips for its improvement, however the number of responses was low and there was also a notorious lack of objectivity in some of these evaluations, displayed as a negativity bias, most probably due to low assignment scores given out by the intern teacher to students with poor academic performance in the Biology laboratory reports.
Description: Relatório de Estágio do Mestrado em Ensino de Biologia e Geologia no 3.º ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário apresentado à Faculdade de Ciências e Tecnologia
URI: http://hdl.handle.net/10316/83354
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
RelatorioPosDefesa 02 Outubro 2017.pdf17.03 MBAdobe PDFEmbargo Access    Request a copy
Show full item record

Page view(s) 20

659
checked on Dec 5, 2022

Download(s) 50

371
checked on Dec 5, 2022

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons