Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10316/82781
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorConceição, Hugo Camilo Freitas da-
dc.contributor.advisorRibeiro, João Carlos Gomes Silva-
dc.contributor.authorBarbosa, Tiago Manuel Pereira-
dc.date.accessioned2018-12-20T04:42:06Z-
dc.date.available2018-12-20T04:42:06Z-
dc.date.issued2018-06-11-
dc.date.submitted2019-01-21-
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/10316/82781-
dc.descriptionTrabalho Final do Mestrado Integrado em Medicina apresentado à Faculdade de Medicina-
dc.description.abstractIntrodução: O treino de competências clínicas é indispensável à formação médica. Muitos alunos defendem que não têm um treino adequado no que respeita à execução do exame físico, levando a uma diminuição da eficácia aquando do primeiro contacto com os doentes. Este trabalho pretende avaliar o impacto que o método de ensino multimédia pode ter no ensino médico em otologia.Métodos: Estudo prospetivo experimental caso controlo no qual foi solicitado a uma coorte de 32 alunos que executassem o exame físico completo do ouvido, num paciente padronizado, antes e após a visualização de um vídeo ilustrativo do exame físico do ouvido. Para avaliar o desempenho dos alunos foi concebida uma checklist de manobras. Comparou-se o desempenho dos alunos entre o ensino expositivo estruturado e o ensino com recurso a material multimédia.Resultados: A classificação média obtida na realização do exame físico do ouvido foi significativamente superior após o ensino com auxílio de material multimédia em relação ao ensino expositivo tradicional (33,9% vs. 91,2%, p=0,001). Discussão: O nosso estudo demonstrou uma melhoria qualitativa significativa no desempenho do exame físico do ouvido após a implementação do ensino vídeo-assistido. Deste modo, um currículo de ensino prático apoiado por conteúdos multimédia é uma mais valia tanto para o ensino como para a aprendizagem. O vídeo é uma ferramenta útil para o ensino uma vez que permite uma uniformização do mesmo, dada a complexidade e variabilidade do ensino do exame físico, comummente observada na prática curricular. Conclusão: O ensino de competências clínicas com auxílio de material multimédia é mais eficaz do que o ensino expositivo tradicional. O treino prático de competências com recurso a multimédia leva a um maior interesse por parte dos alunos em comparação com os métodos clássicos.por
dc.description.abstractBackground: Training clinical skills is essential for medical education. Many students argue they do not have adequate training in performing the physical examination, leading to a decrease in efficiency at first contact with patients. This study aims to evaluate the impact multimedia teaching method can have on medical teaching in otology.Methods: A prospective experimental case control study in which a cohort of 32 medical students were asked to perform the complete physical examination of the ear in a standardized patient, before and after watching an illustrative video of the physical examination of the ear.Results: The mean score obtained in the physical examination of the ear was significantly higher after the implementation of multimedia material compared to traditional exposition (33.9% vs. 91.2%, p = 0.001).Discussion: Our study demonstrated a significant qualitative improvement in the medical student performance of physical examination of the ear after the implementation of video-assisted teaching. A practical teaching curriculum supported by multimedia content is an asset to both, teaching and learning. Teaching the physical examination involves a high complexity and variability. The video is a useful tool since it allows an uniformization of physical examination. Conclusion: Teaching clinical skills with multimedia material is more effective than traditional teaching. The practical training of competences with multimedia resources leads to a greater efficacy and interest by students in comparison to classic methods.eng
dc.language.isopor-
dc.rightsopenAccess-
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/-
dc.subjectexame físicopor
dc.subjectmultimédiapor
dc.subjecteducação médica pré-graduadapor
dc.subjectcompetências clínicaspor
dc.subjectgravação de vídeopor
dc.subjectphysical examinationeng
dc.subjectmultimediaeng
dc.subjectvideo recordingeng
dc.subjecteducation, medical, undergraduateeng
dc.subjectclinical competenceeng
dc.titleUma abordagem multimédia ao ensino de competências em Otologiapor
dc.title.alternativeClinical competence skill improvement in Otology using multimediaeng
dc.typemasterThesis-
degois.publication.locationOtorrinolaringologia-
degois.publication.titleUma abordagem multimédia ao ensino de competências em Otologiapor
dc.peerreviewedyes-
dc.identifier.tid202052559-
thesis.degree.disciplineMedicina-
thesis.degree.grantorUniversidade de Coimbra-
thesis.degree.level1-
thesis.degree.nameMestrado Integrado em Medicina-
uc.degree.grantorUnitFaculdade de Medicina-
uc.degree.grantorID0500-
uc.contributor.authorBarbosa, Tiago Manuel Pereira::0000-0002-0355-4143-
uc.degree.classification19-
uc.degree.presidentejuriMiguéis, António Carlos Eva-
uc.degree.elementojuriFerreira, António Jorge Correia Gouveia-
uc.degree.elementojuriConceição, Hugo Camilo Freitas da-
uc.contributor.advisorConceição, Hugo Camilo Freitas da-
uc.contributor.advisorRibeiro, João Carlos Gomes Silva-
item.openairecristypehttp://purl.org/coar/resource_type/c_18cf-
item.openairetypemasterThesis-
item.cerifentitytypePublications-
item.grantfulltextopen-
item.fulltextCom Texto completo-
item.languageiso639-1pt-
crisitem.advisor.orcid0000-0002-1039-6358-
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado
Files in This Item:
File Description SizeFormat
Trabalho versão final.pdf429.42 kBAdobe PDFView/Open
Show simple item record

Page view(s) 50

523
checked on Apr 9, 2024

Download(s) 50

454
checked on Apr 9, 2024

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons