Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10316/82671
Title: Estudo dos mastócitos em fibromas moles
Other Titles: Study of mast cells in skin tags
Authors: Correia, Ana Filipa Albuquerque 
Orientador: Tellechea, Óscar Eduardo Henriques Correia
Keywords: Mastócitos; Fibromas moles; Molusco pêndulo; Contagem; Mast cells; Skin tag; Acrochordons; Count
Issue Date: 9-Jan-2018
Serial title, monograph or event: Estudo dos mastócitos em fibromas moles
Place of publication or event: CHUC - Serviço de dermatologia
Abstract: INTRODUÇÃO: Os fibromas moles são tumores benignos constituídos essencialmente por tecido fibroso, que surgem preferencialmente no pescoço e flexuras do tegumento cutâneo. Verifica-se uma maior incidência com o aumento da idade e com determinadas patologias, como diabetes mellitus e obesidade. Porém, a sua etiopatogenia não está totalmente esclarecida e poucos estudos foram realizados neste sentido. Os mastócitos localizam-se na derme da pele normal e verifica-se o seu aumento em várias patologias cutâneas. Estudos recentes demonstraram um aumento da contagem de mastócitos em biópsias de fibromas moles quando comparado com a pele normal.OBJETIVOS: O objetivo principal deste trabalho é quantificar o número de mastócitos em fibromas moles, procedentes da histoteca do Serviço de Dermatologia do CHUC, e, assim, procurar compreender melhor a etiopatogenia deste tumor, identificando ou não uma possível relação entre a presença de mastócitos e o surgimento de fibromas moles. Como objetivo secundário, pretende-se também compreender se estes dados terão implicações no possível surgimento de novas estratégias terapêuticas.MÉTODOS: Foram avaliados 30 casos consecutivos de fibromas moles, referentes ao ano 2017, procedentes da histoteca do Serviço de Dermatologia do CHUC. Rejeitaram-se 5 casos por pequena dimensão (<3 mm diâmetro), má qualidade do fragmento e/ou trombose/necrose extensa. A partir dos casos selecionados obtiveram-se cortes que foram corados com solução de azul de toluidina. Considerou-se uma reação positiva a observação da cor púrpura do citoplasma celular. Seguidamente, efetuou-se a contagem de mastócitos, em campos independentes. Após a recolha de todos os dados, estes foram tratados estatisticamente de modo a poderem dar resposta aos objetivos propostos.RESULTADOS: Após a análise estatística obteve-se uma média de 4,72, uma mediana de 5, um desvio padrão de 1,173, uma amplitude de 5, um número mínimo de mastócitos por campo de 2 e um máximo de 7.DISCUSSÃO: A média de mastócitos por campo nas lâminas histológicas analisadas foi ligeiramente inferior às investigações realizadas anteriormente e superior ao número de mastócitos na pele normal, o que pode traduzir um possível envolvimento dos mastócitos na etiopatogenia dos fibromas moles. Este estudo teve várias limitações, nomeadamente a impossibilidade de realizar comparações diretas com estudos realizados anteriormente devido ao uso de diferentes metodologias. CONCLUSÃO: Após análise dos resultados obtidos, torna-se evidente uma possível relação entre a presença de mastócitos e o surgimento de fibromas moles. São agora necessários mais estudos para melhor compreender os fatores responsáveis pela ativação de mastócitos.
INTRODUCTION: Skin tags are benign skin tumors formed essentially of fibrous tissue, usually found on the neck and flexors of the body. A higher incidence is noticed in elder people and associated with some pathologies, such as diabetes mellitus and obesity. However, its etiopathogenesis is not totally understood and few studies have been done with this purpose.Mast cells are located in normal skin’s dermis and their increase in several cutaneous pathologies has already been verified. Recent studies have shown an increase in mast cell count, in skin tags´ biopsies, when compared to normal skin. OBJECTIVES: The main objective of this study is to quantify the number of mast cells in skin tags, from the histopathology lab of the CHUC´s Dermatology Department, to better understand the etiopathogenesis of theses lesions, by establishing, or not, a possible correlation between the presence of mast cells and the occurrence of skin tags. The intention to understand if this data will have implications in the possible emergence of new therapeutic strategies is the secondary objective.METHODS: Thirty consecutive cases of skin tags, dating the year of 2017, from the histopathology lab of the CHUC´s Dermatology Department, were evaluated. Five cases were rejected because of their small size (<3 mm diameter), poor fragment quality and/or extensive thrombosis/necrosis.From the selected cases sections were obtained and stained with toluidine blue solution. A positive reaction was considered when a purple coloration of the cell cytoplasm was observed. The mast cells were then counted in independent fields. The data was analyzed statistically in order to respond to the proposed objectives.RESULTS: From the statistical analysis, the following results were obtained: a mean of 4.72; a median of 5; a standard deviation of 1,173; a range of 5; a minimum number of mast cells per field of 2 and a maximum of 7.DISCUSSION: The mean number of mast cells per field was slightly lower than previous studies and higher than the number of mast cells in the normal skin, which may reflect a possible involvement of mast cells in the etiopathogenesis of skin tags. This study had some limitations, including the impossibility of making direct comparisons with previous studies due to the use of different methodologies.CONCLUSION: A possible correlation between the presence of mast cells and the appearance of skin tags becomes evident. Further studies are now needed to better understand why mast cells are activated.
Description: Trabalho Final do Mestrado Integrado em Medicina apresentado à Faculdade de Medicina
URI: https://hdl.handle.net/10316/82671
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Estudo dos mastócitos em fibromas moles.pdf899.83 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

498
checked on Feb 20, 2024

Download(s) 50

2,469
checked on Feb 20, 2024

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons