Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/82394
Title: Qual o perfil e motivações dos dadores de gâmetas?
Other Titles: What is the profile and motivation of gamete donors?
Authors: Neves, Carolina Correia Cardoso 
Orientador: Santos, Ana Teresa Moreira Almeida
Keywords: Doação de ovócitos; Motivação; Perfil; Infertilidade; Doação de esperma; Oocyte donation; Motivation; Profile; Infertility; Sperm donation
Issue Date: 15-Jun-2018
Serial title, monograph or event: Qual o perfil e motivações dos dadores de gâmetas?
Place of publication or event: Medicina da Reprodução
Abstract: IntroduçãoA Medicina da Reprodução dedica-se a responder às necessidades do tratamento da infertilidade, recorrendo a diversas técnicas, algumas das quais ligadas à doação de gâmetas. A demanda por gâmetas doados tornou-se cada vez maior com o alargamento do direito de acesso a Procriação Medicamente Assistida tanto a casais de lésbicas como a mulheres solteiras como forma de concretizar o seu projeto reprodutivo, outro fator que aumentou a procura de ovócitos está relacionado com o adiamento da maternidade até idades mais avançadas. Como o Banco Público de Gâmetas, até à data, não conseguiu suprir essa demanda, tornou-se imperativo compreender os aspetos biopsicossociais por detrás da doação para que o recrutamento de novos dadores seja possível. O objetivo principal desta revisão sistemática foi estabelecer o perfil dos dadores e as motivações que os levaram a realizar a doação; perceber como os dadores tiveram conhecimento do processo e como se podem recrutar novos indivíduos.MétodosA pesquisa bibliográfica foi realizada exclusivamente em bases de dados online. Após realização das pesquisas na base de dados PubMed, foram obtidos 198 resultados na língua inglesa, publicados entre 2007 e 2017, tendo-se procedido à avaliação independente dos títulos e abstract dos estudos potencialmente relevantes.ResultadosOs critérios de inclusão foram cumpridos por 21 artigos que foram admitidos na revisão sistemática. Verificou-se uma atitude positiva perante a doação de gâmetas na maioria dos inquiridos pelos diversos estudos, tanto no grupo de não dadores como no de dadores. Os dadores dividem-se essencialmente em duas grandes motivações: um ato de altruísmo e a busca pela compensação financeira. Independentemente da sua principal motivação, a maioria e, nalguns estudos, a totalidade dos dadores considerou a experiência muito positiva para a sua vida e afirmou ser capaz de voltar a doar. ConclusãoEsta revisão conseguiu assim cumprir o seu objetivo primário. Destacando-se dois perfis de dadores: o dador com menos de 30 anos, estudante, motivado pelo desejo de ajudar os outros mas também pela compensação financeira; e o dador com mais de 30 anos, com formação especializada que teve contacto direto ou indireto com formas de infertilidade e por isso está mais sensibilizado para a dádiva. As diferenças verificadas entre dadores possibilitam a implementação de várias estratégias de sensibilização de acordo com aquele que foi o veículo de informação mais mencionado por cada um, isto é, os media, nomeadamente a Internet, esta é a principal forma de chegar aos mais jovens, mas também o meio académico, seja por via de jornais ou das próprias associações de estudantes; no caso dos dadores mais velhos, a informação chega muitas vezes por meio de um amigo ou da comunicação social, pelo que é importante investir na disseminação de informação.
BackgroundReproductive Medicine is devoted to find an answer to treat infertility, relying on multiple techniques some of which connected to gamete donation. The demand for donated gametes became greater as Medically Assisted Reproduction was available to lesbian couples and single women as a mean of fulfilling their reproductive project, another factor that has increased the need for oocytes is associated with the postponement of motherhood until older ages. Until now, the Public Gamete Bank could not supply this shortage, it became essential to understand the biopsychosocial aspects behind the donation in order to make recruitment of new donors possible. This systematic review aims mainly to establish the donor’s profile and the motivations they were driven by; to understand how the donors acknowledged the process and how to recruit more men and women willing to donate.MethodsA bibliographic search of online bases was undertaken. The research done in PubMed database came with 198 results in the English language, published between 2007 and 2017, with a posterior independent evaluation of the title and abstract of potentially relevant studies. ResultsThe inclusion criteria were met by 21 of the articles obtained in the systematic review. A positive attitude in respect of gamete donation was verified in most respondents of several works, with no difference in the donor or non-donor groups. Donors can be divided in two major groups, based on their main motivation: the altruistic one and the financial compensation seeking one. Nevertheless, most and in some articles all found the experience very positive to their personal lives and claimed to be willing to donate again. ConclusionThis systematic review has achieved its primary objective. Two main donor profiles stood out: the younger than 30 year-old student, driven by the desire to help other, but also attracted by the monetary reward; and the older, over 30 years old professionally educated donor that has had direct or indirect contact with infertility experiences and, for that reason, is more sensitized for the gift. The differences noted between donors allow to implement several strategies to increase awareness, according to the medium that was referred the most by each one; the internet is the main way to reach the younger population, but the academic environment is also an important one, be it by its academical journals or student associations; when it comes to the older donors, they were most likely to have heard of gamete donation either by a friend or by the media, suggesting it is vital to spread the information about gamete needs, how to donate and the benefits of it.
Description: Trabalho Final do Mestrado Integrado em Medicina apresentado à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/82394
Rights: closedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
Carolina Neves.pdf429.79 kBAdobe PDFEmbargo Access    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

364
checked on Jan 20, 2020

Download(s) 50

350
checked on Jan 20, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons