Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/82078
Title: Ortorexia Nervosa - Caracterização
Other Titles: Orthorexia Nervosa - Caracterization
Authors: Almeida, Carolina Carvalho de 
Orientador: Santos, Lélita Conceição
Keywords: Ortorexia nervosa; ORTO-15; Distúrbios alimentares; Imagem corporal; Exercício físico; Orthorexia nervosa; ORTO-15; Eating disorders; Body image; Physical exercise
Issue Date: 2-Jun-2017
Keywords: Ortorexia nervosa; ORTO-15; Distúrbios alimentares; Imagem corporal; Exercício físico; Orthorexia nervosa; ORTO-15; Eating disorders; Body image; Physical exercise
Issue Date: 2-Jun-2017
Abstract: Introdução: A Ortorexia Nervosa (ON) é um distúrbio do comportamento alimentar descrito como a obsessão patológica pelo consumo de alimentos saudáveis. A literatura atual não é consensual no que diz respeito à sua prevalência nem às características dos indivíduos portadores desta condição, nomeadamente na associação da ON a fatores demográficos, à prática de exercício físico e a preocupações relativas à imagem corporal. A possibilidade de se integrar esta condição nos distúrbios obsessivo-compulsivos tem também sido alvo de controvérsia. O ORTO-15 é um questionário validado e visa identificar indivíduos com comportamentos ortoréticos através da pontuação total obtida. Objetivos: Os objetivos do presente estudo foram avaliar a prevalência de ON numa amostra de conveniência de indivíduos saudáveis e analisar a existência de características comuns aos que demonstraram ter sinais de ON, no sentido de melhor caracterizar esta entidade.Material e Métodos: Uma amostra de 193 participantes com idades compreendidas entre os 18 e os 60 anos respondeu ao “Questionário sobre Estilo de Vida”, composto pelos 15 itens do ORTO-15 complementados com questões adicionais sobre dados demográficos, consumo de substâncias, outros hábitos alimentares relacionados com ON, distúrbios da imagem corporal e dependência de exercício físico. Foram analisadas possíveis associações entre a existência de sinais de ON e as restantes variáveis integradas no questionário e construídos modelos de regressão logística univariados e multivariados no sentido de avaliar a contribuição das diferentes variáveis à presença de sinais de ON. Resultados: A prevalência de ON na amostra foi de 51.8% sendo que a média de idades dos indivíduos ortoréticos (30.96 com DP 1.035) foi significativamente inferior à do grupo sem sinais de ON (34.8 com DP 1.299). Na amostra, 56.3% dos homens e 48.7% das mulheres tinham sinais de ON, bem como 52.9% dos indivíduos com formação em Saúde ou Desporto e 50.9% dos indivíduos com outra área de formação, pelo que estas diferenças não foram significativas. Também variáveis relacionadas com outros comportamentos alimentares desajustados, com preocupações relativas à aparência física e com a prática de exercício físico frequente revelaram associação com a presença de sinais de ON. Observou-se ainda uma tendência para a associação entre o consumo de álcool e de suplementos alimentares e a presença desta condição. Finalmente, verificou-se que o consumo de alimentos especiais, a preocupação ou insatisfação com a aparência física e a prática de exercício físico frequente permitiram explicar a presença de sinais de ON na amostra. Discussão e Conclusões: Os resultados obtidos permitiram dar uma diferente perspetiva no que respeita à ideia de os indivíduos ortoréticos terem uma preocupação exclusivamente a nível alimentar e de saúde, demonstrando que, na amostra, a presença de sinais de ON estava associada a outros comportamentos não-alimentares relacionados com um estilo de vida saudável e a preocupações de natureza estética. Além disto, a relação estabelecida com certos traços obsessivos permitiu apoiar a hipótese de que esta condição não seja um distúrbio puramente alimentar mas também com uma componente obsessivo-compulsiva.
Introduction: Ortorexia Nervosa (ON) is an eating behavior disorder described as a pathological obsession with healthy food. The current literature is not yet concordant with regard to its prevalence nor to the characteristics of individuals with this condition, namely the association of ON to demographic factors, physical exercising and concerns about body image. The possibility of integrating this condition into the obsessive-compulsive disorders is also controversial. The ORTO-15 is a validated questionnaire which identifies individuals with orthoretic behaviors through the total score obtained.Objectives: The aims of the present study were to evaluate the prevalence of ON in a convenience sample of healthy individuals and to analyze the existence of some characteristics which were common between those who showed orthoretic tendencies, in order to better characterize this entity. Material and Methods: A sample of 193 participants aged 18-60 responded to the "Lifestyle Questionnaire", which was composed by the 15 items on ORTO-15 supplemented with additional questions assessing demographic data, substance use, other eating habits related to ON, body image disorders and physical exercise dependence. Possible associations between the existence of ON and the remaining variables integrated in the questionnaire were analyzed and univariate and multivariate logistic regression models were constructed in order to evaluate the contribution of the different variables to the presence of ON. Results: The prevalence of ON in the sample was 51.8% and the mean age of the orthoretic individuals (30.96 +/- 1.035) was significantly lower than in the group with no evidence of orthoretic behaviors (34.8 +/- 1.299). In the sample, 56.3% of males and 48.7% of females showed orthoretic tendencies, as well as 52.9% of the individuals who studied Health or Sports and 50.9% of the individuals with another study area, so the differences concerning gender and study area were not significant. Other variables related to maladjusted eating behaviors, concerns regarding physical appearance and frequent exercising were associated with the presence of ON. It was also observed that the consumption of alcohol and dietary supplements tend to be related to this condition. Finally, it was found that the consumption of special food, the preoccupation or dissatisfaction with its own physical appearance and exercising frequently could predict the presence of ON in the sample. Discussion and Conclusions: The results put us into a different perspective considering the idea that orthoretic individuals are exclusively concerned about diet and health, showing that, in the sample, the presence of ON was associated with other non-dietary behaviors related to a healthy lifestyle and aesthetic concerns. In addition, the relationship established with some obsessive traits supports the hypothesis that maybe ON is not a pure eating disorder but also has an obsessive-compulsive component.
Description: Trabalho de Projeto do Mestrado Integrado em Medicina apresentado à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/82078
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
- Dissertação MIM Carolina Almeida 2017.pdf1.59 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

337
checked on Aug 21, 2019

Download(s) 50

305
checked on Aug 21, 2019

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons