Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/81393
Title: Compartimento de Remodelação Óssea
Other Titles: Bone Remodelling Compartment
Authors: Martins, João Filipe Brochado 
Orientador: Vale, Francisco José Fernandes
Figueiredo, Maria Helena Lopes
Keywords: Tecido osseo; Cemento; Remodelacao; Compartimento de Remodelacao; Bone tissue; Cementum; Remodelling; Bone remodelling compartment
Issue Date: 14-Feb-2017
Serial title, monograph or event: Compartimento de Remodelação Óssea
Place of publication or event: FMUC e Area de Medicina Dentaria, Laboratorio de Tecidos Duros
Abstract: A remodelação óssea representa a mais notável resposta do tecido ósseo, tendo atrás de si uma complexa maquinaria celular, sujeita à acção de numerosos factores de regulação. O mecanismo de remodelação é um processo altamente localizado. Convém referir que toda a actividade celular do ciclo de remodelação óssea será protegida por uma estrutura desenvolvida para o efeito. Hauge et al. (2001) foram os primeiros investigadores a apontar a existência de um compartimento de remodelação óssea, como uma entidade real, ainda que transitória, demonstrando histologicamente a sua existência. Mais tarde, outros trabalhos demonstraram uma estreita associação dos capilares à canopy, concluindo também que a integridade do BRC é um pré-requisito essencial para a remodelação e formação óssea. Considerando que na sequência de remodelação, a fase de formação (células osteoblásticas) é sempre precedida por uma fase de reabsorção (células osteoclástica), continua por esclarecer o modo como se procederá esta transição ou reversão. De facto, a fase de reversão continua ainda a levantar inúmeras questões no que concerne quer à fonte das células presentes no interior do BRC quer à não progressão do ciclo de remodelação caso ocorram alterações na canopy nesta fase. A maior parte das doenças metabólicas e inflamatórias que atingem o tecido ósseo manifestam-se geralmente por perturbações na dinâmica da remodelação resultando quase invariavelmente, num decréscimo da massa óssea.O trabalho aqui apresentado pretende contribuir para um melhor conhecimento da constituição histológica de compartimentos de remodelação, detetados no tecido ósseo alveolar e ainda no cemento e dentina radicular.
Bone remodelling represents the most remarkable response of the bone tissue to mechanical stress and mineral homeostasis. This refined mechanism is only possible due to a complex cellular machinery and their highly orchestrated interaction which is under the influence of numerous regulation factors. Furthermore, bone remodelling is a strictly localized process. It is also important to stress out that all cellular activity within the bone remodelling site has to be protected by a specific structure. Hence, bone remodelling proceeds in a specialized vascular entity the “Bone Remodelling Compartment”, which provides the structural basis for coupling and regulation of cellular activity. The bone remodelling compartments are outlined by a cellular canopy separating the bone remodelling events of the bone surface.As a specialised mineralized tissue covering the root dentin, cementum has a similar composition to that of bone although there are distinct structural and functional differences between these two mineralized tissues. Also osteocytes and cementocytes share many morphological and biological features. However, it is still unclear if cementocytes function in cementum turn-over is similar to the way osteocytes regulates the bone remodelling. Although cementum is not subject to physiological remodelling orthodontic forces as well as large periapical periodontitis lesions can sometimes cause remodelling processes of root cementum. Hence, we hypothesized that mechanisms involved in bone remodelling may be similar to those involved in cementum remodelation as well as all this process should occur within a specialised anatomic structure as the “bone remodelling compartment”.
Description: Dissertação de Mestrado em Patologia Experimental apresentada à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/81393
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese BRC - JB Final.pdf2.43 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

405
checked on Jul 27, 2021

Download(s) 50

456
checked on Jul 27, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons