Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/81391
Title: Contributos para a validação da escala de Perfomance Assessment of Self-Care Skills
Other Titles: Contributions for validation of the Performance Assessment of Self-Care Skills Scale
Authors: Simões, Ana Lúcia Barreto Sá 
Orientador: Dourado, Marilia Assunção Rodrigues Ferreira
Ferreira, Pedro Augusto Melo Lopes
Keywords: Funcionalidade; AVD; AVDI; PASS; Medição em Saúde; Functionality; ALD; IADL; PASS; Health Measurement
Issue Date: 19-Jan-2017
Serial title, monograph or event: Contributos para a validação da escala de Perfomance Assessment of Self-Care Skills
Place of publication or event: Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
Abstract: Em virtude da crescente necessidade de medir resultados em saúde e, de assegurar a uma população mais envelhecida uma velhice digna e com menor incapacidade, torna-se essencial validar para a população portuguesa, instrumentos capazes de avaliar a funcionalidade em atividades da vida diária (básicas ou instrumentais). Este estudo, teve como objetivo validar a escala Performance Assessment of Self-Care Skills, que avalia a capacidade da pessoa para ser autónoma nas suas AVDB e AVDI. Neste sentido, procedeu-se à sua validação cultural tendo sido aplicada a um total de 98 pessoas através de um processo de amostragem por conveniência.Os dados recolhidos, foram submetidos a análise tendo-se avaliado os resultados nos três parâmetros de avaliação (autonomia, segurança e adequação) em separado, bem como no seu global em termos de tarefa.Concluiu-se que a autonomia foi o critério com melhores pontuações, embora algumas tarefas tenham apresentado melhores resultados na segurança. A adequação foi o parâmetro mais penalizado na vasta maioria das tarefas. Em traços gerais a tarefa ‘pagar contas com multibanco’ foi a mais bem classificada, enquanto a tarefa ‘cortar as unhas dos pés’ manifestou os piores resultados. Ao nível do género os homens evidenciaram maiores índices de autonomia ao ‘trocar as pilhas de um comando de TV’ e maior segurança na tarefa ‘arrumar após a preparação de refeição’. No que concerne à idade, na maioria das situações, as pessoas mais jovens (< 60 anos) obtiveram um melhor desempenho quando comparativamente a pessoas mais velhas, sobretudo após os 80 anos. Em suma este estudo demonstrou que a versão portuguesa da PASS é uma escala válida para a população portuguesa.
Due to the increasing need to measure health outcomes and to ensure a more dignified old age and with less disability, it is essential to validate, for the Portuguese population, instruments capable of evaluate functionality in activities of daily living (basic or instrumental). This study aimed to validate the Performance Assessment of Self-Care Skills scale, which assesses the person's ability to be independent in their ADL and IADL. In this sense, we proceed to cultural validation and applied it to a total of 98 people using a convenience sampling.The collected data were subjected to an analysis and the results were evaluated based on the three evaluation parameters (independence, safety and adequacy) separately, as well as their overall involvement in the task.It was found that independence is the criteria with best score, although some task revealed best results in safety. Adequacy was the most penalized parameter in the vast majority of tasks. In general terms, the task 'paying accounts with ATM' was the highest ranked, while the task ‘trimming toenails' demonstrated the worst results. In terms of gender men showed higher rates of independence in the task 'changing the battery of a TV remote' and greater security in the task 'cleanup up after meal preparation'.When analyzing age, in most situations, younger people (minus than 60 years old) had best performance when compared to older people, especially after the age of 80.In sum, this study demonstrated that the Portuguese version of the PASS is a valid scale for the Portuguese population.
Description: Dissertação de Mestrado em Cuidados Continuados e Paliativos apresentada à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/81391
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação final Ana Simões.pdf2.45 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

359
checked on Nov 11, 2019

Download(s) 50

370
checked on Nov 11, 2019

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons