Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/81224
Title: Efeitos pleiotrópicos das estatinas e suas interacções com anticoagulantes e antiagregantes plaquetares
Authors: Vieira, Filipe Miguel Pereira 
Orientador: Reis, Flávio
Keywords: Farmacologia; Inibidores da hidroximetilglutaril-CoA redutase; Doenças cardiovasculares; Interacções de medicamentos
Issue Date: 2011
Abstract: Introdução: As estatinas, ou inibidores da enzima 3-Hidroxi-3-metilglutaril coenzima A reductase, são potentes inibidores da biossíntese do colesterol, sendo usadas sobretudo na hipercolesterolemia. Estudos clínicos sugerem que os benefícios das estatinas podem não ser apenas devidos às suas propriedades hipolipemiantes, mas também aos seus efeitos pleiotrópicos. Estudos experimentais e clínicos têm mostrado que as estatinas apresentam efeitos benéficos sobre os parâmetros hemostáticos, principalmente aqueles que são factores de risco para doença cardiovascular. A co-administração de estatinas e anticoagulantes ou anti-agregantes plaquetares é comum na prática clínica. Neste contexto, é importante determinar se existe alguma interacção entre estes fármacos, tanto para ajuste de doses como para avaliar a existência de aspectos que contra-indiquem a utilização de algumas destas associações. Objectivos: Actualizar e rever as bases fisiopatológicas dos efeitos independentes do colesterol, ou pleiotrópicos, das estatinas, bem como os seus efeitos sobre os parâmetros hemostáticos e as interacções que possam existir com agentes anticoagulantes e antiagregantes plaquetares. Desenvolvimento: Estudos recentes sugerem que as estatinas podem ser eficazes na prevenção de acidentes vasculares cerebrais isquémicos ou na doença de Alzheimer. Há dados que sugerem que a maior parte dos efeitos pleotrópicos das estatinas são consequência da inibição da síntese de isoprenóides, que vão afectar várias vias de sinalização posteriores. São estas acções que vão produzir um efeito favorável em alguns parâmetros da coagulação e da fibrinólise que se pensam serem factores de risco para o desenvolvimento de doença cardiovascular. As possíveis interacções entre estatinas e antiplaquetares ou anticoagulantes têm por base não só os efeitos pleiotrópicos das estatinas, mas também a sua metabolização pelas enzimas hepáticas. Conclusão: Vários autores descobriram que as estatinas produzem um efeito favorável em alguns parâmetros da coagulação e da fibrinólise, que se pensam serem factores de risco para o desenvolvimento de doença cardiovascular. A aspirina combinada com estatinas não revelou um efeito benéfico na limitação do tamanho do enfarte do miocárdio, enquanto que o dipiridamol e o cilostazol apresentaram um efeito sinérgico. A maioria dos estudos clínicos não detectaram a possível interacção farmacocinética entre estatinas e clopidogrel. Nos pacientes em tratamento com a combinação estatinas-varfarina deve ter-se em conta o risco de hemorragia. Mais estudos, mais bem elaborados, são necessários para esclarecer de forma mais cabal a existência destas interacções, sua relevância e implicações clínicas.
Introduction: Statins or 3-hydroxy-3-methylglutaryl coenzyme A reductase inhibitors are potent inhibitors of cholesterol biosynthesis mostly used in hypercholesterolemia. Clinical studies suggest that the benefits of statins may not only be due to their lipid lowering properties, but also to their pleiotropic effects. Experimental and clinical studies have shown that statins have beneficial effects on hemostatic parameters, especially those who are risk factors for cardiovascular disease. The coadministration of statins and anticoagulants or antiplatelets is common in clinical practice. Therefore, it is important to determine whether there is any interaction between these drugs, both for dose adjustments and to assess any aspects that would contraindicate the use of some of these associations. Objectives: Update and review the physiological bases of the cholesterol-independent, or pleiotropic, effects of statins, as well as their effects on hemostatic parameters and interactions that may exist with anticoagulant and antiplatelet agents. Development: Recent studies suggest that statins may effectively prevent ischemic stroke or Alzheimer's disease. Data suggests that most of the pleiotropic effects of statins are due to the inhibition of isoprenoids synthesis, which will affect several downstream signaling pathways. This will produce a favorable effect on some parameters of coagulation and fibrinolysis that are thought to be risk factors for developing cardiovascular disease. Suspected interactions between statins and antiplatelet or anticoagulant drugs are due to both pleiotropic effects of statins and their metabolism by the liver enzymes. Conclusion: Several authors have found that statins produce a favorable effect on some parameters of coagulation and fibrinolysis that are thought to be risk factors for developing cardiovascular disease. Aspirin-statins coadministration did not show a beneficial effect in limiting the size of myocardial infarction, while the dipyridamole and cilostazol showed a synergistic effect. Most clinical studies didn't detect the possible pharmacokinetic interaction between statins and clopidogrel. The risk of bleeding must be taken into account in patients treated with the statin-warfarin combination. More and better elaborated studies are needed to further elucidate about the existence of these interactions, their relevance and clinical implications.
Description: Trabalho final de mestrado integrado em Medicina área científica de Farmacologia, apresentado á Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/81224
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado
UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese Filipe Vieira.pdf661.01 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

301
checked on Nov 21, 2022

Download(s)

69
checked on Nov 21, 2022

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.