Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/516
Title: Eventos pós-receptor na neurotoxicidade do glutamato: Contribuição da subunidade GluR4 dos receptores AMPA para a activação do factor de transcrição AP-1
Authors: Santos, Armanda Emanuela Castro e 
Orientador: Carvalho, Arsélio Pato de
Lopes, Maria Celeste
Keywords: Bioquímica (farmácia)
Issue Date: 24-Nov-2003
Abstract: O objectivo deste estudo foi identificar mecanismos intracelulares envolvidos na resposta excitotóxica, e investigar se a sobreestimulação de receptores ionotrópicos do glutamato diferentes pode activar vias de sinalização intracelular distintas. A estimulação dos neurónios da retina de pinto em cultura com glutamato ou cainato diminuiu a viabilidade celular. O cainato foi mais eficaz a causar toxicidade, a qual foi mediada através dos receptores a-amino-3-hidroxi-5-metil-4-isoxazolpropionato (AMPA). A toxicidade induzida pelo glutamato foi essencialmente mediada através dos receptores N-metil-D-aspartato (NMDA). A dessensibilização dos receptores AMPA modulou a toxicidade induzida pelo glutamato. Nas células da retina de pinto em cultura a estimulação excitotóxica com glutamato ou cainato induziu um aumento da ligação do factor de transcrição proteína activadora-1 (AP-1) ao DNA, de uma forma dependente de cálcio. Contudo, a actividade de ligação ao DNA do factor de transcrição factor nuclear-kB (NF-kB) não foi alterada. Nesta preparação, embora a estimulação com ambos os agonistas dos receptores do glutamato tenha aumentado a fosforilação da cinase de proteínas regulada por sinais extracelulares (ERK), apenas a activação da ERK induzida pelo cainato se correlacionou com a activação de uma via de sinalização de sobrevivência celular. Os resultados sugerem que nas células da retina de pinto em cultura os mecanismos que medeiam morte celular e neuroprotecção são distintos quando a excitotoxicidade provém da estimulação dos receptores NMDA ou dos receptores AMPA. Utilizando uma linha celular de rim de embrião humano (HEK 293) mostrou-se que a subunidade GluR4 dos receptores AMPA mediou a resposta excitotóxica e a activação do AP-1 de uma forma correlacionada.
Description: Tese de doutoramento em Farmácia (Bioquímica) apresentada à Fac. de Farmácia da Univ. de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/516
Rights: openAccess
Appears in Collections:FFUC- Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat
primeiras páginas tese 1.docCapa56 kBMicrosoft WordView/Open
Introdução correcções 1.doc1.71 MBMicrosoft WordView/Open
abreviaturas tese.doc40.5 kBMicrosoft WordView/Open
Resumo.doc66.5 kBMicrosoft WordView/Open
Summary.doc63 kBMicrosoft WordView/Open
Indice PhD1.doc85 kBMicrosoft WordView/Open
2-Material e Métodos PhD correccoes.doc120 kBMicrosoft WordView/Open
Discussão PhD correccoes.doc173.5 kBMicrosoft WordView/Open
resultados 1 correccoes.doc17.05 MBMicrosoft WordView/Open
resultados 2 correcçoes.doc8.79 MBMicrosoft WordView/Open
Conclusões.doc64.5 kBMicrosoft WordView/Open
Bibliografia.doc157 kBMicrosoft WordView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

375
checked on Oct 2, 2019

Download(s) 10

1,550
checked on Oct 2, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.