Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/44309
Title: Drogas e a condução rodoviária sob influência de benzodiazepinas e antidepressivos : prescrição médica e abuso
Authors: Coutinho, Daniel José Pires 
Orientador: Teixeira, Helena
Vieira, Duarte Nuno
Keywords: Condução de veículo; Benzodiazepinas; Antidepressivos; Prescrição de medicamentos
Issue Date: Mar-2010
Abstract: As benzodiazepinas são fármacos maioritariamente utilizados nos distúrbios de ansiedade, dissonias, convulsões, distúrbios musculares, desintoxicação alcoólica e de outras substâncias de abuso, bem como na sedação/amnésia em procedimentos invasivos. Por seu lado, os antidepressivos apresentam como principal indicação terapêutica a depressão, podendo ser utilizados como terapêutica coadjuvante noutros distúrbios psiquiátricos. O consumo de benzodiazepinas e antidepressivos está associado a alguns problemas de saúde e segurança pública. A diminuição da atenção, da concentração, dos reflexos, da capacidade visual, da coordenação motora e do raciocínio, associados ao aumento dos tempos de reacção e à falta de consciencialização dos utilizadores para a diminuição das suas capacidades, torna estes fármacos num risco para a segurança rodoviária. Este risco pode ainda ser potenciado pelo desrespeito da prescrição médica, pelo seu consumo abusivo ou pelo consumo concomitante de álcool. A determinação de ligações entre o consumo destes medicamentos psicoactivos e a segurança rodoviária é, contudo, um assunto ainda extremamente complexo, sendo fundamental esclarecer melhor o papel dos efeitos das benzodiazepinas e dos antidepressivos sobre a condução rodoviária. A prevenção da condução sob influência destes fármacos depende, em grande medida, do conhecimento por parte da classe médica dos riscos inerentes à sua utilização. A consciencialização da prescrição médica, bem como o fornecimento de informações claras aos doentes revela-se, assim, de extrema importância
Benzodiazepines are drugs usually used in anxiety disorders, dyssomnias, convulsions, muscle disorders, alcohol and other drugs detoxification, as well as in preoperative sedation/amnesia. Moreover, antidepressants are mainly indicated in depression and as co-therapeutic drugs in other psychiatric disorders. The use of benzodiazepines and antidepressants is associated with some health and public safety problems. Decreased of attention, concentration, reflexes, visual capacity, motor coordination and reasoning, associated with increased reaction time and lack of awareness of driving impairment among these drug users, contributes to the increased risk on traffic safety linked with these drugs. This risk may further increase with non-compliance of medical prescription, drug abuse or concomitant use of alcohol. The relationship between the use of psychoactive drugs and road traffic safety is, however, an extremely complex subject and has a primordial importance in the clarification of the role of benzodiazepine and antidepressant effects on driving skills. The prevention of driving under the influence of these drugs depends on the awareness, among doctors, of the risks associated with their use. Thus, the consciousness of medical prescription, as well as providing clear information to patients is extremely important.
Description: Trabalho final de mestrado integrado em Medicina área científica de Medicina Legal, apresentado á Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/44309
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
TF_Daniel.pdf272.32 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

391
checked on Aug 11, 2020

Download(s) 50

203
checked on Aug 11, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.