Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/38945
Title: Perfecionismo pensamento perservativo negativo e psicopatologia : um estudo prospectivo
Authors: Casimiro, Pedro Orlando de Castro Tomé Diniz 
Orientador: Macedo, António
Pereira, Ana Telma
Keywords: Depressão; Pensamento; Psicologia clínica
Issue Date: Oct-2015
Abstract: Introdução: O perfecionismo é uma disposição de personalidade que tem sido associada a uma variedade de condições psicopatológicas, sendo por isso considerado um processo transdiagnóstico. O pensamento perserverativo negativo (PPN), sob a forma de preocupação e/ou ruminação, é um processo cognitivo que medeia esta relação e que é perpetuado devido às crenças positivas de que este poderá ser benéfico na prevenção de eventos adversos. Objetivos: Neste estudo pretende-se analisar as relações entre perfecionismo, PPN, crenças positivas sobre a ruminação (metacognições) e perturbação psicológica de modo a esclarecer o papel destes traços enquanto fatores de risco. Materiais e Métodos: Neste estudo prospetivo participaram 272 estudantes universitários que completaram questionários de autorresposta, validados para a população portuguesa, em dois momentos diferentes separados no tempo por cerca de 1 ano (T0 e T1). Utilizaram-se duas dimensões de segunda ordem de Perfeccionismo, através da administração das Escalas Multidimensionais de Perfecionismo de Frost e de Hewitt & Flett - Preocupações com a Avaliação e Esforços Perfecionistas. Os outros questionários foram os seguintes: Questionário de Pensamento Perserverativo; o Inventário Multidimensional de Crenças Perfecionistas; a Escala de Crenças Perfecionistas Sobre a Ruminação - Adaptada; a Escala de Stresse Percebido; e o Perfil de Estados de Humor. Este último foi utilizado para avaliar as dimensões Tensão-Ansiedade e Depressão, as variáveis dependentes neste estudo. Resultados: Através de um modelo sequencial de predição e de mediação mostrou-se que as Preocupações com a Avaliação, quando mediadas pela Interferência Cognitiva e Improdutividade/ICI (dimensão mais negativa do PPN) no T0 e no T1 e pela Tensão- Ansiedade no T0, explicam 45,84% da variância da Tensão-Ansiedade no T1. As Preocupações com a Avaliação quando mediadas pela ICI no T0 e no T1 e pela Depressão no T0, são responsáveis por 46,19% da variância da Depressão no T1. Discussão: As preocupações com a avaliação e o e PPN estão prospectivamente associados à perturbação psicológica, revelando-se fatores de risco para a manutenção de estados afetivos ansiosos e depressivos. Confirma-se a hipótese de que o ICI, dimensão mais negativa do PPN, é um mediador longitudinal da relação entre perfecionismo negativo e perturbação psicológica
Introduction: Perfectionism is a personality trait that has been linked with diverse psychopathological conditions and is therefore considered a transdiagnostic process. Perserverative Negative Thinking (PNT), in the form of worry and/or rumination, is a cognitive process that mediates this relationship and that is maintained because of the positive beliefs that it can be helpful on preventing harmful events. Objectives: To explore the prospective associations between perfectionism, PNT, positive beliefs about rumination (metacognitions) and psychological distress, in order to analyze the role of these constructs as risk factors. Materials and Methods: 272 students participated on this prospective study, by completing validated self-report questionnaires, in two different moments separated by approximately one year (T0 and T1): Frost and Hewitt & Flett Multidimensional Perfectionism Scale (to evaluate two composite dimensions - Perfectionistic Concerns and Perfectionistic Strivings); Perserverative Thinking Questionnaire; Multidimensional Perfectionism Cognitions Inventory; Positive Beliefs About Rumination Scale – Adapted; Perceived Stress Scale; and Profile of Moods State, to explore Tension-Anxiety and Depression, the dependent variables in this study. Results: By using a serial multiple mediator model, we showed that Perfectionistic Concerns, when mediated by Cognitive Interference and Unproductivity/CIU (the most negative dimension of PNT) on T0 and T1 and by Tension-Anxiety on T0 explained 45,84% of Tension-Anxiety variation on T1. Perfectionistic Concerns, when mediated by CIU on T1 and T0, and by Depression on T0, are responsible by 46,19% of the variance of Depression on T1. 10 Discussion: Perfectionistic Concerns and PNT are prospectively associated to psychological disorder, being risk factors for the maintenance of anxious and depressive mood states. We also confirmed the hypothesis that CIU, the most negative dimension of PNT, is a longitudinal mediator on the relationship between negative perfectionism and psychological distress.
Description: Trabalho final de mestrado integrado em Medicina, área cientifica de Psicologia Médica, apresentado á Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/38945
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese de mestrado final - Pedro Casimiro.pdf1.06 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

398
checked on Jul 9, 2020

Download(s) 20

636
checked on Jul 9, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.