Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/38463
Title: Fendilhação em vigas construídas com geopolímeros
Authors: Gonçalves, Andreia Simões 
Orientador: Lopes, Adelino Vasconcelos
Lopes, Sérgio Manuel Rodrigues
Keywords: Fissuras; Vigas; Geopolímeros
Issue Date: 25-Sep-2014
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Sabe-se que o uso de betão de cimento normalmente usado nas construções, apresenta uma contribuição significativa para a poluição por CO2 e também é responsável por uma elevada exploração de pedreiras, levando a impactos ambientais e paisagísticos que raramente são devidamente colmatados. A crescente preocupação com a qualidade ambiental faz com que se procure cada vez mais desenvolver novos materiais que permitam uma construção sustentável, reduzindo também a energia consumida na produção de materiais de construção. Em alternativa aos betões de cimento surgem os materiais activados alcalinamente que, apesar de apelidados de novos, se pensa terem tido aplicações antigas tais como o Coliseu de Roma, ou as Pirâmides de Gizé no Egipto. Com o desenvolvimento destes materiais, também denominados de geopolímeros, pretende-se obter um material com comportamento mecânico, durabilidade e resistência a variadas acções exteriores, tal como se pode observar nas actuais construções de betão. Esta dissertação estuda a fendilhação em 10 vigas construídas com materiais activados alcalinamente. O trabalho, de cariz experimental, incide concretamente na avaliação da fendilhação de vigas simplesmente apoiadas sujeitas a duas cargas simetricamente colocadas. O principal objectivo da dissertação consiste em avaliar a abertura, o espaçamento e o desenvolvimento destas fendas nas vigas. Para além disso, e ainda no âmbito deste trabalho, foram construídas e ensaiadas 5 vigas de argamassa tradicional para comparação com os resultados obtidos dos ensaios em vigas de materiais activados alcalinamente.
It is known that the use of cement concrete typically used in construction presents a significant contribution to the pollution caused by CO2 and is also responsible for a large exploration of quarries, leading to environmental and landscape impacts that are rarely fully overcome. The growing concern about environmental quality makes it extremely important to increasingly develop new materials that allow for sustainable construction and also reduces the energy consumed in the production of building materials. Alkali activated materials are presented as new materials as an alternative to cement concrete, but they are not really that new since old examples such as the Rome Colosseum or the Pyramids of Giza in Egypt are supposed to be built with this material. The idea behind the development of these materials, also named as geopolymers, is to obtain a material with similar mechanical behaviour, durability and resistance to various external actions, when compared to well-known existing concrete structures. This dissertation presents a study on the cracking behaviour of 10 beams constructed with alkali activated materials. The work is of experimental nature and focuses specifically on the evaluation of cracking of simply supported beams subjected to two symmetrical loads. The main objective of the dissertation is to evaluate the width, the spacing and the development of these cracks. In addition, 5 traditional mortar beams were constructed and tested for comparison with the results from tests on alkali activated beams.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Engenharia Civil apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/38463
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado
FCTUC Eng.Civil - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Fendilhacao em vigas construidas com geopolimeros.pdf2.61 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

149
checked on Mar 31, 2020

Download(s) 20

649
checked on Mar 31, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.