Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/37154
Title: Perfeccionismo e sintomatologia obsessivo-compulsiva: uma perspectiva transgeracional
Authors: Machado, Maria Eduarda Sequeira 
Orientador: Macedo, António
Pereira, Ana Telma
Keywords: Perfecionismo; Pensamento repetitivo negativo; Sintomas Obsessivo-compulsivos; Percepção dos filhos; Estilos Parentais; Transgeracional
Issue Date: Feb-2016
Keywords: Perfecionismo; Pensamento repetitivo negativo; Sintomas Obsessivo-compulsivos; Percepção dos filhos; Estilos Parentais; Transgeracional
Issue Date: Feb-2016
Abstract: Introdução: Perfeccionismo e Pensamento Repetitivo Negativo (PRN) contribuem para diversos quadros psicopatológicos. Recentemente, foi demonstrado que o PRN medeia a relação entre o perfeccionismo e a perturbação psicológica, incluindo sintomas obsessivo-compulsivos (SOC). No entanto, pouco se sabe acerca dos aspectos transgeracionais destas relações. O objectivo deste estudo foi analisar o papel do perfeccionismo e do PRN dos pais nos níveis de SOC dos filhos. Materiais e métodos: 223 estudantes universitários (77.97% sexo feminino; idade média 20.48±1.624) e os seus pais participaram no estudo preenchendo, fora do período de avaliações, questionários de auto-resposta, validados para a população portuguesa: Escalas Multidimensionais de Perfeccionismo de Frost e de Hewitt & Flett – nomeadamente para a avaliação das Preocupações com a avaliação (PreocAv) e Esforços perfeccionistas (EsfPerf); Questionário de Pensamento Perseverativo-15, e o Maudsley Obsessional-Compulsive Inventory. Os filhos preencheram ainda os Questionários de Dimensões Parentais e as escalas de perfeccionismo com base nas respostas que pensam ser aquelas que os pais dariam no caso de serem eles a preencherem os questionários. Resultados: As correlações entre o perfeccionismo dos filhos (Perf_F) e o perfeccionismo dos progenitores (Perf_Pg) foram baixas (.20); entre o Perf_F e a sua perceção acerca do perfeccionismo dos progenitores foram moderadas (Perf_FPg) (.45) e entre o Perf_Pg e a Perf_FPg foram altas (.50). As correlações entre os SOC dos filhos e dos progenitores foram altas. (.50) Os preditores significativos das Dúvidas e ruminação (DR) dos filhos foram as Dúvidas sobre as acções (DA), a PreocAv, o Pensamento repetitivo (PR) e a Interferência cognitiva e improdutividade (ICI) dos filhos, as DA e a ICI das mães e a percepção dos filhos acerca das DA da mãe. Os preditores significativos da Verificação dos filhos foram as DA e a PreocAv dos filhos. Discussão: As dimensões mais negativas de perfeccionismo e os estilos parentais dos pais apresentaram correlações importantes com o perfecionismo e o PRN dos filhos. Os estilos parentais da mãe e do pai apresentam correlações nitidamente diferentes com as dimensões de perfecionismo e PRN, interessando no futuro aprofundar o que está na base deste contraste. A percepção dos filhos em relação às DA das mães e em relação ao POO dos pais relacionaram-se, respectivamente, com as DR e a Limpeza dos filhos; futuramente interessa estudar a hipótese de estas variáveis constituirem factores de risco para o desenvolvimento destes sintomas obsessivo-compulsivos. Introduction: Perfectionism and Repetitive Negative Thinking (RNT) also called Perseverative Negative Thinking have been consistently linked with a range of psychopathological conditions. Research has recently proved that RNT mediates the relationship between perfectionism and psychological distress, including OC symptoms. However, little is known about the transgenerational aspects of these relationships. Objective: To analyse the role of parents’ perfectionism and RNT in the children’s obsessive-compulsive symptoms. Materials and methods: 223 college students (77.97% females; mean age 20.48±1.624) and their parents participated in the study by filling validated self-report questionnaires: Hewitt & Flett and Frost’s Multidimensional Perfectionism Scales (which were further used to assess Evaluative concerns and Perfectionist striving), the Perseverative Thinking Questionnaire and the Maudsley Obsessional-Compulsive Inventory. Children also filled the Parenting Dimensions Questionnaires and the Perfectionism Scales based on what they think would be their parents’ answers. Results: The correlations were low (.20) between children’s and their parents’ perfectionism, moderate (.45) between children’s perfectionism and their perception about their parents’ perfectionism and high (.50) between their perceptions about their parents’ perfectionism and their parents’ actual perfectionism. The correlations between parents’ and children’s obsessive-compulsive symptoms were high (.50). The significant predictors of children’s Doubting and rumination (DR) were their Doubts about actions (DA), Evaluative concerns (EC), Repetitive thinking (RT) and Cognitive interference and unproductiveness (CIU), their mothers’ DA and CIU, and children’s perception of their mothers’ DA. The significant predictors of children’s Checking were their DA and EC. Discussion: The parents’ more negative dimensions of perfectionism and their parenting styles demonstrated significant correlations with children’s perfectionism and and RNT. Fathers’ and mothers’ parenting styles showed clearly different patterns of correlations with children’s perfectionism and RNT; the reasons for this deserve further analysis. The children’s perception of their mothers’ DA and their fathers’ other-oriented perfectionism correlated with children’s DR and Cleaning, respectively.
Description: Trabalho final do 6º ano médico com vista à atribuição do grau de mestre (área científica de psicologia médica) no âmbito do ciclo de estudos de Mestrado Integrado em Medicina.
URI: http://hdl.handle.net/10316/37154
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Med. Dentária - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
TESE edu.pdfTESE edu1.33 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

235
checked on Aug 20, 2019

Download(s) 50

180
checked on Aug 20, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.