Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/37136
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMonteiro, Pedro-
dc.contributor.authorCortez, Mariana Mendes Escada de Oliveira-
dc.date.accessioned2017-03-14T10:39:09Z-
dc.date.available2017-03-14T10:39:09Z-
dc.date.issued2016-03-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/37136-
dc.descriptionTrabalho final do 6º ano médico com vista à atribuição do grau de mestre (área científica de cardiologia) no âmbito do ciclo de estudos de Mestrado Integrado em Medicina.por
dc.description.abstractIntrodução: A Doença Cardiovascular (DCV) permanece como a causa principal de mortalidade na Europa. Segundo uma revisão dos estudos EUROASPIRE, uma percentagem significativa dos doentes da amostra não atingiu as mudanças do estilo de vida, a alteração dos fatores de risco modificáveis e os alvos terapêuticos propostos, existindo ainda um potencial e necessidade de intervenção. Proponho uma análise de uma potencial relação entre conhecimento teórico do doente e outcome no controlo dos fatores de risco cardiovasculares. Métodos: Foram incluídos no estudo todos os doentes com patologia cardiovascular seguidos no serviço de Cardiologia dos HUC. A cada elemento foi aplicado um questionário para aferir o seu grau de conhecimento teórico. A amostra foi seguida durante 48 semanas, com recolha de parâmetros como: tensão arterial sistólica e diastólica, IMC, colesterol total e c-LDL. Para comparação entre as médias foi feito teste t-Student. Resultados: Foram incluídos no estudo um total de 31 doentes (N=31). A mediana do score total dos doentes obtido no questionário aplicado foi de 8 (num total de 11), dividindo a amostra em dois grupos: doentes com conhecimento elevado (n1=18) e doentes com conhecimento inferior (n2=13). Não foi encontrado uma diferença estatisticamente significativa das médias de tensão arterial sistólica, IMC, colesterol total e c-LDL entre os dois grupos (p> 0,05). Conclusão: Não conseguimos estabelecer uma relação entre um melhor controlo dos vários parâmetros (fatores de risco cardiovascular) com o nível de conhecimento dos nossos doentes. Introduction: Cardiovascular disease remains as the main cause of mortality in Europe. According to the EUROASPIRE studies, a significant percentage of the patients did not reach the established objectives in life style modifications and therapeutic targets, meaning that there is a necessity and potential of intervention. With this study, we look for a possible relationship between patient knowledge and their disease outcome. Methods: In this study all patients with cardiovascular disease followed by the Cardiology team of HUC were included. A number of questions were applied at each patient, in order to access their general knowledge. The sample was followed during 48 weeks, collecting some data such as: systolic and diastolic blood pressure, BMI, total cholesterol and c-LDL. Results: A total of 31 patients were included in this study (N=31). The median of the total score value was 8, splitting the sample in two groups: patients with a higher knowledge (n1=18) and patients with inferior knowledge (n2=13). No statistical difference between blood pressure, BMI, total cholesterol and c-LDL means were established (p>0, 05). Conclusion: No relation between patient health knowledge and a better outcome in control of cardiovascular risk factors was established.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectCardiovascular riskpor
dc.subjectCardiovascular diseasepor
dc.subjectCardiovascular preventionpor
dc.subjectPatient knowledgepor
dc.titleControlo dos factores de risco cardiovascular e a sua relação com o conhecimento dos doentespor
dc.typemasterThesispor
thesis.degree.nameMestrado Integrado em Medicinapor
item.fulltextCom Texto completo-
item.grantfulltextopen-
item.languageiso639-1pt-
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado
Files in This Item:
File Description SizeFormat
CONTROLO DOS FATORES DE RISCO CARDIOVASCULAR E A SUA RELAÇÃO COM O CONHECIMENTO DOS DOENTES, FMUC 2016, Mariana Cortez.pdfCONTROLO DOS FATORES DE RISCO CARDIOVASCULAR E A SUA RELAÇÃO COM O CONHECIMENTO DOS DOENTES, FMUC 2016, Mariana Cortez650.94 kBAdobe PDFView/Open
Show simple item record

Page view(s)

168
checked on Sep 17, 2020

Download(s) 50

198
checked on Sep 17, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.