Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10316/36740
Title: Revisão científica sobre recessões gengivais e tratamento ortodôntico
Authors: Lopez, Isa Maria Ferreira 
Orientador: Alves, Sónia
Rolo, Tony
Keywords: Orthodontic tooth movement; Orthodontic treatment; Gingival recession; Periodontal defects
Issue Date: 2013
Abstract: Introdução: O tratamento ortodôntico encontra-se entre um dos possíveis factores etiológicos do desenvolvimento das recessões gengivais, tornando-se fundamental que o ortodontista saiba identificar os pacientes que têm maior risco de vir a desenvolver esse tipo de defeito periodontal. Na génese desta problemática multidisciplinar, relacionam-se os factores ortodônticos, especialmente a movimentação dos dentes para posições fora do osso alveolar e a má posição dentária, com os factores periodontais, que incluem a presença de deiscências e fenestrações ósseas, o biótipo gengival fino, o mau controlo da placa bacteriana com inflamação gengival, ou a escovagem traumática. Objectivo: Através da análise da evidência científica actualmente disponível, esta revisão bibliográfica tem como objectivo avaliar os efeitos da movimentação ortodôntica no desenvolvimento e na correção de recessões gengivais e adicionalmente, exemplificar esses efeitos através da apresentação de casos clínicos. Materiais e métodos: Foi realizada uma pesquisa recorrendo às bases de dados primárias Medline (PubMed) e Ebscohost e às bases de dados secundárias b-on, tendo sido seleccionados artigos publicados até 2013 em língua inglesa e portuguesa. Foram igualmente efectuadas buscas manuais na biblioteca da Área de Medicina Dentária. Critérios de inclusão: Todo o tipo de estudos clínicos realizados em humanos periodontalmente saudáveis, com ou sem recessão prévia à execução de tratamento ortodôntico. Critérios de exclusão: Estudos animais, estudos de relato de casos, estudos clínicos humanos com indivíduos portadores de periodontite, doenças sistémicas ou mal formações congénitas da cavidade oral, e pacientes com medicação associada com alterações gengivais. Resultados: Foram seleccionados 8 artigos, dos quais 6 são estudos clínicos e 2 são revisões sistemáticas. Conclusão: Os resultados obtidos nos estudos incluídos sugerem que dentes submetidos a maior proinclinação durante o tratamento ortodôntico e o movimento dos incisivos para fora do envelope alveolar podem estar associados a uma tendência para o desenvolvimento de recessão gengival. Factores como a inflamação gengival com mau controlo da placa bacteriana, biótipo gengival fino e idade aumentada aparecem como possíveis factores preditivos da ocorrência de recessão gengival durante ou após o tratamento ortodôntico. Os incisivos inferiores são os dentes mais estudados e, aparentemente, os mais afectados por esta alteração gengival. São recomendados mais estudos com amostras adequadas e com uma uniformização de metodologias que permitam uma avaliação longitudinal clínica devidamente validada. Introduction: Orthodontic treatment may be one of the etiological factors responsible for gingival recessions, making it primordial for the orthodontist to recognize those patients who are more at risk of developing such periodontal defect. The basis of this multidisciplinary problem relates with orthodontic factors, particularly teeth movements beyond the alveolar bone and poor dental alignment, and periodontal factors, which include the presence of dehiscence and bone fenestration, thin gingival biotype, lack of bacterial plaque control, or traumatic brushing. Objective: Focusing on the analysis of currently available scientific evidence, this bibliographic revision aims at the evaluation of the effects of orthodontic movements on gingival recession development and correction. Additionally, some clinical cases will be presented. Methods and materials: Research underlies on Medline (PubMed) and Ebscohost as primary databases, and b-on as secondary databases, selecting articles published until 2013 available in Portuguese or English. Manual research was also undertaken in the library of the Dentistry Department. Inclusion criteria: All kind of human clinical studies including periodontally healthy patients, with or without gingival recessions prior to the orthodontic treatment. Exclusion criteria: Animal studies, case reports, human clinical studies including patients with periodontitis, systemic diseases, oral congenital malformations or drug-induced gingival diseases. Results: 8 articles were selected of which, 6 are clinical studies and 2 are sistematic reviews. Conclusion: Final results on the selected studies suggest, that major proinclination of teeth during orthodontic treatment and the movement of the incisors beyond the alveolar envelope may be related to a tendency for gingival recession development. Such factors as gingival inflammation with poor plaque control, thin gingival biotype and aging, appear to be possible predictive factors for gingival recession occurrence during or after orthodontic treatment. Lower incisors are the most studied teeth and, apparently, the most affected by such gingival defect. More studies are recommended with adequate sampling and standardization of study methods, to validate a longitudinal clinical evaluation.
Description: Trabalho final do 5º ano com vista à atribuição do grau de mestre no âmbito do ciclo de estudos de Mestrado Integrado em Medicina Dentária apresentado à Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra.
URI: https://hdl.handle.net/10316/36740
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado
FMUC Med. Dentária - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
TESE - Isa Lopez.pdfTESE - Isa Lopez1.81 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

493
checked on May 22, 2024

Download(s) 50

589
checked on May 22, 2024

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.