Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10316/36739
Title: Eficácia clínica da abordagem cirúrgica minimamente invasiva de defeitos periodontais infraósseos
Authors: Couceiro, Inês Sofia da Silva 
Orientador: Baptista, Isabel Poiares
Matos, Sérgio
Issue Date: 2013
Abstract: Introdução: A cirurgia periodontal regenerativa pretende restituir a arquitetura e função dos tecidos periodontais perdidos. Pode-se recorrer à regeneração guiada dos tecidos com aplicação de membranas biocompatíveis que impedem a migração imediata do epitélio, a materiais de enxerto ósseo ou ainda a agentes biológicos (como as proteínas derivadas da matriz do esmalte - PDME, fatores de crescimento ou citoquinas), que podem modular as células envolvidas na regeneração periodontal. A cirurgia periodontal convencional, por norma, recorre à elevação de retalhos extensos e a um acesso amplo dos defeitos infraósseos. Recentemente, verificou-se a necessidade de um acesso mais conservador, conjugado com uma menor manipulação cirúrgica dos tecidos, de modo a diminuir o impacto na vascularização, a morbilidade e melhorar o pós-operatório. Com isto, surgiu a técnica de cirurgia minimamente invasiva (Minimally invasive surgical technique - MIST) em que é sugerido uma otimização das capacidades intrínsecas regenerativas do hospedeiro. É importante também atender à necessidade de se desenvolverem instrumentos ou modificar os já existentes, que permitam auxiliar na visualização dos campos operatórios mínimos criados através desta técnica. Objetivo: Descrever e avaliar a eficácia das técnicas minimamente invasivas na regeneração periodontal de defeitos infraósseos, em monoterapia ou em combinação com outras modalidades regenerativas. Material e Métodos: Foi realizada uma pesquisa sistematizada recorrendo às bases de dados primárias MEDLINE (Pubmed) e EBSCO library (EBSCOhost). Os idiomas foram limitados ao português e Inglês e os limites temporais estabelecidos entre 2000 e 2013 (Abril). Foram efetuadas igualmente buscas manuais na biblioteca da Área de Medicina Dentária. Resultados: Foram selecionados 10 artigos que cumpriram os critérios de inclusão definidos, dos quais 6 são estudos clínicos controlados randomizados, 3 são estudos de coorte e um artigo de revisão sistemática. Conclusão: Perante a análise dos resultados, é possível concluir que existe uma necessidade emergente de mais estudos procurando evidenciar a eficácia das técnicas minimamente invasivas na área da regeneração periodontal, com tempos de follow-up superiores a um ano e em contextos clínicos mais aproximados da realidade, bem como a comparação com as outras modalidades regenerativas. Introduction: Periodontal regenerative surgery pretends to rebuild the architecture and function of tissues lost due to periodontitis. It may use guided tissue regeneration, applying biocompatible membranes witch stop the initial epithelial migration, bone graft material or biological agents (such as Enamel matrix protein derivative – EMD, growth factors or cytokines) to modulate mesenchymal cells involved in periodontal regeneration. Conventional periodontal surgery, usually, requires the elevation of large flaps and a wide access to the infraosseous defects. Recently, emerged a need to create conservative flaps associated to less tissue surgical manipulation, to reduce the impact on revascularization and morbidity and to improve the post-operative. With it appeared a minimally invasive surgical technique (MIST) trying to optimize the regenerative capabilities of the host. It’s also important to attend the need for new instruments, or modify the ones that already exist, allowing correct visualization of the minimal operative fields obtained with this technique. Objective: Describe and to evaluate the efficacy of minimally invasive surgical techniques in the regeneration of infraosseous defects, in monotherapy or associated to other regenerative modalities. Materials and Methods: A search was carried out using the primary databases: MEDLINE (Pubmed) and EBSCO library (EBSCOhost). The language was limited to Portuguese and English and the time limits established between 2000 and 2013 (April). Manual search was made in the Dentistry Department’s library. Results: Ten articles that fulfill the inclusion criteria were selected. Of them, six were randomized controlled clinical trials, three were coorte studies and one a systematic review. Conclusion: Facing the result’s analysis, it’s possible to conclude that more studies trying to evidence the efficacy of the minimally invasive procedures are needed. Also, these studies should have more than one year follow-up recalls applied to real life situations and include other regenerative modalities.
Description: Trabalho final do 5º ano com vista à atribuição do grau de mestre no âmbito do ciclo de estudos de Mestrado Integrado em Medicina Dentária apresentado à Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra.
URI: https://hdl.handle.net/10316/36739
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado
FMUC Med. Dentária - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese MIST Final!.pdfTese MIST Final!1.95 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

408
checked on Jun 12, 2024

Download(s) 50

1,022
checked on Jun 12, 2024

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.