Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/36675
Title: Estudo in vitro da eficácia antimicrobiana de diferentes soluções de irrigação
Authors: Martins, Sílvia Areias 
Orientador: Santos, João Miguel dos
Gonçalves, Teresa
Keywords: Eficácia antimicrobiana; Soluções de irrigação; Hipoclorito de sódio; Clorohexidina; Método de difusão em agar; Enterococcus faecalis; Candida albicans
Issue Date: 2012
Abstract: ntrodução: O tratamento endodôntico tem como principal objetivo manter as condições de assépsia do sistema de canais, eliminar os microrganismos do seu interior promovendo a integridade dos tecidos periapicais. A preparação biomecânica dos canais radiculares é feita através de um protocolo que conjuga a instrumentação com soluções para irrigação. A irrigação canalar assume um papel fundamental na redução de microrganismos do interior dos canais, facilita a remoção de resíduos e melhora os efeitos produzidos pelos instrumentos. Este estudo teve por objetivo avaliar a eficácia antimicrobiana in vitro de diferentes concentrações de hipoclorito de sódio (NaOCl), 1%, 2,5%, 3% e 6% com adição de um agente tensioativo, e clorohexidina (CHX) a 0,1 e 2% sobre o Enterococcus faecalis e a Candida albicans. Materiais e Métodos: Para a avaliação da eficácia antimicrobiana utilizou-se o método de difusão em agar. Foram realizadas culturas prévias dos microrganismos em meio sólido BHI (Brain Heart Infusion) e YPD (Yeast-Peptone-Dextrose), efetuadas suspensões das colónias de cada microrganismo e espalhadas em placas de Petri sobre meio sólido BHI. Utilizaram-se discos de papel de 6 mm saturados com as diferentes soluções testadas e colocados nas placas de Petri. Estas foram incubadas em estufa a 37ºC, durante 48 horas. O diâmetro dos halos de inibição foi medido às 24 e às 48 horas. Resultados: A solução que apresentou maior eficácia antimicrobiana foi o NaOCl 3% para ambos os microrganismos e a que apresentou menor foi a CHX a 0,1%. Não se observaram diferenças estisticamente significativas entre as medições dos halos às 24 e 48 horas, constatando-se no entanto uma diminuição dos halos para as soluções de NaOCl às 48 horas. Os halos de inibição para a C. albicans apresentaram para todas as soluções maior diâmetro em relação aos do E. faecalis. Conclusão: Todas as soluções de irrigação testadas foram efetivas sobre o E. faecalis e a C.albicans, evidenciando-se ara ambos os microrganismos uma eficácia antimicrobiana superior do NaOCl a 3%. Introduction: The main objective of endodontic treatment is to maintain aseptic conditions and focus on exclusion of microorganisms from the root canal system, aiming to maintain or reestablish the integrity of the periapical tissues. The biomechanical preparation of root canals is done through a protocol that combines instrumentation and antiseptic irrigant solutions. Root canal irrigation plays a key role in the reduction of microorganisms of the canals, facilitates the removal of debris and improves the results of instrumentation. The aim of this study was to evaluate in vitro the antimicrobial efficacy of different concentrations of sodium hypochlorite (NaOCl), 1%, 2,5%, 3% and 6% with the addition of a surfactant, and chlorhexidine (CHX) 0,1 e 2% of the Enterococcus faecalis and Candida albicans. Materials and Methods: The agar diffusion test was used to evaluate the antimicrobial efficacy of the tested solutions. Previously, the microorganisms were cultivated in BHI (Brain Heart Infusion) and YPD (Yeast-Peptone-Dextrose), suspensions were made of each microorganism and spread on the BHI solid medium, on Petri plates. Paper disks (6 mm in diameter) were saturated with the different experimental solutions and were placed on the BHI agar surface in each Petri plate. The plates were incubated at 37 °C for 48 hours. The diameter of inhibition zones were measured at 24 and 48 hours. Results: 3% NaOCl was superior in its antimicrobial efficacy for both microorganisms compared with other irrigants used, and 0,1% CHX showed the smallest zones. There were no statistical significant differences between measurements at 24 and 48 hours, however there was a decrease of the inhibition zones observed for the NaOCl solutions at 48 hours. The inhibition zones for C. albicans, for all irrigants, were bigger than the E. faecalis. Conclusion: All irrigants showed antimicrobial efficacy against E. faecalis and C. albicans. NaOCl 3% solution showed the best antimicrobial efficacy against both tested microorganisms.
Description: Trabalho final do 5º ano com vista à atribuição do grau de mestre no âmbito do ciclo de estudos de Mestrado Integrado em Medicina Dentária apresentado à Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/36675
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Med. Dentária - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese Silvia Martins.pdfTese Silvia Martins985.16 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

160
checked on May 28, 2020

Download(s)

60
checked on May 28, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.