Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10316/36541
Title: Análise do efeito de modificações químicas em superfícies de titânio e sua relação com o processo de osteogénese
Authors: Jesus, Rainde Naiara Rezende de 
Orientador: Carrilho, Eunice Virgínia Palmeirão
Zanetta-Barbosa, Darceny
Keywords: Titânio; Modificações químicas; Osteogênese; Osteoblastos; Osseointegração
Issue Date: 2013
Abstract: Muitos estudos têm-se dedicado a melhorar os padrões do processo de resposta biológica com o objetivo de otimizar o reparo ósseo e favorecer o contato osso-implante. Modificações físicas e químicas nas superfícies dos implantes de titânio têm sido realizadas a fim de acelerar a velocidade de neoformação óssea por meio de uma modulação positiva das células osteogénicas. O presente estudo in vitro teve como objetivo avaliar o efeito de dois tipos de superfície de titânio com alterações de rugosidade: lisa com duplo ataque ácido e duplo ataque ácido seguido da incorporação de biossilicato, um vidro bioativo, sobre parâmetros osteogénicos em cultura de células hFOB 1.19. As células foram cultivadas em garrafas de 25 cm2 até atingirem confluência, libradas por tripsinização, contadas em hemocitómetros e plaqueadas sobre os dois tipos de superfície na densidade de 2x104 células/poço e mantidas a 37ºC em atmosfera húmida com 5% de CO2. Para avaliar o efeito do tratamento de superfície na resposta celular, foi avaliada a viabilidade em 24 horas pelo método colorimétrico MTT (brometo de [3-(4,5-dimetiltiazol-2-il) -2,5-difeniltetrazólio]) formazan, adesão em 4 horas pelo método de contagem pelo azul de tripan e atividade de fosfatase alcalina e proteína total em 24 horas. O fundo da placa de poliestireno foi utilizado como controlo. Os resultados foram analisados pelo teste estatístico não paramétrico Kruskal-Wallis seguido de pós-teste de Dunn. De acordo com os dados obtidos neste estudo não houve diferenças estatisticamente significantes entre as duas superfícies analisadas em cada um dos parâmetros avaliados, assim como entre essas e o grupo de controlo. Dessa forma, a modificação química da superfície do implante não interferiu na viabilidade e nem tão-pouco foi capaz de acelerar o processo de diferenciação celular por meio de um incremento na adesão e na atividade de fosfatase e proteína total, segundo dados obtidos com a linhagem hFOB 1.19, o que não descarta estudos envolvendo outras linhagens e diferentes tempos experimentais a fim de confirmar os presentes dados.
Description: Trabalho final do 5º ano com vista à atribuição do grau de mestre no âmbito do ciclo de estudos de Mestrado Integrado em Medicina Dentária apresentado à Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra.
URI: https://hdl.handle.net/10316/36541
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado
FMUC Med. Dentária - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese de Conclusão de Curso.pdfTese de Conclusão de Curso636.95 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

267
checked on Feb 13, 2024

Download(s)

163
checked on Feb 13, 2024

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.