Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10316/36380
Title: Poliomavírus na oncogénese do carcinoma de Merkel
Authors: Afonso, Ana Luísa Santos 
Orientador: Vieira, Ricardo
Keywords: Antígenos transformantes de poliomavirus; Carcinoma de células de Merkel
Issue Date: Mar-2012
Abstract: O carcinoma de Merkel é uma neoplasia cutânea rara, de provável origem neuroendócrina, que exibe um comportamento biológico agressivo. Nas últimas décadas assistiu-se a um aumento significativo da sua incidência. Apesar de serem apontados como factores de risco a imunossupressão, idade superior a 50 anos e a exposição à radiação solar, o processo de oncogénese permanece por esclarecer. Neste sentido, vários estudos genéticos e moleculares descrevem associações com alterações cromossómicas, vias apoptóticas e proliferação celular. Recentemente, na base da hipótese de uma infecção viral poder actuar como factor oncogénico, é identificado material genómico de um novo poliomavírus humano – poliomavírus das células de Merkel - integrado no DNA das células tumorais em cerca de 70-80 % dos casos, sustentando assim uma relação entre a infecção pelo referido vírus e o processo de oncogénese. Um outro aspecto relevante é o facto da maioria das lesões se localizarem frequentemente em áreas foto-expostas e a existência de casos de aparecimento síncrono e/ou metácrono deste tumor e outros tumores cutâneos cuja etiologia é fortemente atribuída à radiação ultravioleta. Assim, este trabalho propõe apresentar uma revisão sobre o papel deste poliomavírus na oncogénese do carcinoma de Merkel, abordando ainda, a questão da radiação ultravioleta como factor concorrente para o mesmo. Para a execução desta revisão, foi realizada uma pesquisa bibliográfica baseada sobretudo nas fontes médicas Pubmed/MedLine desde Janeiro de 2000 até Dezembro de 2011
Merkel cell carcinoma is a rare cutaneous neoplasia, of probable neuroendocrine origin, that shows an aggressive biological behavior. In the last few decades a significant increase of its incidence was observed. Although imunosupression, age over 50 years-old and sun exposure are pointed as risk factors, the process of oncogenesis remains unclear. Some genetic and molecular studies describe associations with chromosomal alterations, apoptotic ways and cellular proliferation. Recently, based on the hypothesis of a viral infection being an oncogenic factor, genomic material of a new human polyomavirus – Merkel cells’ polyomavirus - was integrated in tumor cells’ DNA in about 70 - 80% of the cases, supporting a relationship between viral infection and the oncogenic process. On the other hand, the majority of lesions are located in photo-exposed areas and there are cases of synchronous and/or metachronous occurrences of this tumor and other cutaneous tumors whose etiology is strongly attributed to UV radiation. This issue presents a revision on the role of this polyomavirus in the oncogenic process of Merkel cell carcinoma, as well as UV radiation as competing factor for the same. For the execution of this work a bibliographical research mostly based in medical sources Pubmed/MedLine was carried through, since January of 2000 until December of 2011.
Description: Trabalho final de mestrado integrado em Medicina, área cientifica de Dermatologia, apresentado á Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
URI: https://hdl.handle.net/10316/36380
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado
FMUC Medicina - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
6 ano MIM - Trabalho Final Ana Luísa Afonso.pdf653.83 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

279
checked on Feb 28, 2024

Download(s) 50

721
checked on Feb 28, 2024

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.