Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/36201
Title: Arquitectura corporativa. A obseervação dos mecanismos de "branding" no espaço e na arquitectura
Authors: Velha, Joana da Silva Eira 
Orientador: Ferreira, Jorge Manuel Fernandes Figueira
Keywords: Cidade; Espaço público; Edifício industrial; séc.19-21; Arquitectura industrial; Marca
Issue Date: 27-Mar-2014
Serial title, monograph or event: Arquitectura corporativa. A obseervação dos mecanismos de "branding" no espaço e na arquitectura
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Partindo do princípio que o modelo de sociedade capitalista tem uma influência estruturante na produção cultural, o presente trabalho importa da Economia a noção de branding, de maneira a tentar compreender como é que o processo arquitectónico integra as narrativas corporativas de uma entidade comercial e que tipo de dialética se estabelece entre a marca e o objecto arquitectónico. Para este fim, o argumento vai ser desenvolvido à volta da dimensão comunicativa e simbólica da arquitectura. O trabalho divide-se em duas partes: o primeiro momento tem como objectivo esclarecer os conceitos que vão ser referidos ao longo da narrativa e a aquisição de uma postura crítica sobre o tema através de uma observação informal de como é que os mecanismos de branding podem ser identificados no espaço e na arquitectura. No segundo momento, a investigação ganha contornos mais precisos e debruçase sobre o tema da “arquitectura corporativa”. São analisados cinco exemplos: o Familistério de Guise, a sede administrativa da Johnson Wax Company, o caso das indústrias Olivetti, a sede administrativa internacional da Nestlé e os edifícios Ricola.
Assuming that the model of the capitalist society has a structurally influence on cultural production, this paper imports from the Economy the notion of branding, trying to apply it on the architectonic process and to understand how does it integrate the corporative narratives and what type of dialectic can be found between the brand and the architectonic object. The argument was developed around two different dimensions: the communicative and the symbolic. The work was divided in two parts: the first searches to clarify the concepts that are referred and assumes a critical position about the subject through an informal observation of how can branding mechanisms be identified in space and architecture. The second part tries to focus in a more precise subject which is the corporate architecture. An analysis in made about five examples: the Familistère of Guise in France, the headquarters of the Johnson Wax Company in Racine, the Olivetti case in Ivrea, the international headquarters of Nestlé in Vevey and finally, the Ricola buildings in Laufen and Mulhouse-Brunstatt.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Arquitectura apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/36201
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado
FCTUC Arquitectura - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Arquitectura Corporativa - Joana Eira-Velha.pdf4.77 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

525
checked on Sep 18, 2023

Download(s)

61
checked on Sep 18, 2023

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.