Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/36179
Title: Factores associados á ocorrência de terapias apropriadas em doentes com miocardiopatia isquémica que implantaram cardioversor desfibrilhador em prevenção primária
Authors: Rodrigues, Helena Cristina Fernandes Neves Leonardo 
Orientador: António, Natália Sofia Cláudio
Silva, Joana Delgado
Keywords: Cardiomiopatias; Desfibriladores implantáveis
Issue Date: Oct-2015
Abstract: Introdução e objetivos: As atuais recomendações para a implantação de Cardioversor Desfibrilhador Implantável (CDI), em prevenção primária, nos doentes com miocardiopatia isquémica, são muito abrangentes e incluem doentes que nunca irão beneficiar desta estratégia de tratamento invasiva. O objetivo deste estudo consistiu em analisar uma amostra de doentes com miocardiopatia isquémica, submetidos a implantação de CDI em prevenção primária, e procurar identificar preditores de terapias apropriadas. Métodos: Foi realizado um estudo retrospetivo de 126 doentes com miocardiopatia isquémica, que implantaram um CDI por prevenção primária, procurando analisar associação da ocorrência de terapias apropriadas (choques apropriados e pacing anti-taquicardia) com os parâmetros clínicos, laboratoriais e relativos à interrogação do dispositivo. Resultados: Durante um período médio de follow-up de 6,62 ± 2,95 anos, 47 doentes (28,8%) sofreram terapias apropriadas. O tempo médio até à primeira terapia foi de 4,6 ± 3,1 anos. Verificou-se uma associação estatisticamente significativa entre a ocorrência de terapias apropriadas e alguns dos parâmetros avaliados: sexo masculino (p=0,04), creatinina sérica (p=0,007) e taquicardias ventriculares não mantidas (p=0,008). Foi calculado o valor de cut-off a partir do qual a relação entre a elevação da creatinina e a ocorrência de terapias apropriadas foi mais notória (Cut-off Creatinina = 1,055mg/dl). A análise de Kaplan-Meier demonstrou uma sobrevida livre de terapias apropriadas significativamente pior nos doentes com creatinina superior a 1,055 mg/dl. No entanto, pela análise multivariada não foi identificado nenhum preditor independente de terapias apropriadas. Conclusão: A baixa incidência de terapias apropriadas nesta população comprova a necessidade de aperfeiçoar as atuais recomendações de modo a selecionar melhor os candidatos a CDI. A avaliação prévia da função renal é um método simples e acessível que poderia vir a ser considerada na seleção desses candidatos. No entanto, a realização de estudos prospetivos multicêntricos, randomizados continua a ser necessária para a identificação de fortes preditores de benefício do CDI.
Purpose: The current guidelines for implantable cardioverter defibrillator (ICD) implantation in primary prevention patients with ischemic cardiomyopathy are wide and include patients that will never benefit from this invasive treatment strategy. The aim of this study was to analyse a population of patients with ischemic cardiomyopathy undergoing primary prevention ICD implantation and try to identify predictors of appropriate therapies. Methods: We conducted a retrospective study of 126 patients with ischemic cardiomyopathy who have implanted an ICD for primary prevention to analyse the association between the occurrence of appropriate therapies (appropriate shocks and anti-tachycardia pacing) and clinical, laboratory and device interrogation reports. Results: During a mean follow-up of 6.62 ± 2.95 years, 47 patients (28.8%) received appropriate ICD therapies. The mean time to first therapy was 4.6 ± 3.1 years. Some of the parameters evaluated were associated with increased risk for appropriate therapy: male gender (p = 0.04), serum creatinine (p = 0.007) and non-sustained ventricular tachycardia (p = 0.008). Cut-off value was established to define when the relation between the elevation of creatinine and the occurrence of appropriate therapy was more evident (Cut-off for creatinine = 1,055mg/dl). Kaplan-Meier analysis showed a significantly worse appropriate therapies-free survival in patients with creatinine greater than 1,055 mg/dl. However, none of the parameters evaluated was identified as an independent predictor of appropriate therapies by multivariate analysis. Conclusion: The low incidence of appropriate therapies observed in this study demonstrates the need to improve current guidelines in order to better select candidates for ICD implantation. Assessment of renal function is a simple and accessible method that could be considered in the selection of these candidates. However, randomized multicentre trials are needed to identify strong predictors of appropriate therapies.
Description: Trabalho final de mestrado integrado em Medicina, área cientifica de Cardiologia, apresentado á Faculdade de Medicina da universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/36179
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese de Mestrado Helena Rodrigues.pdf645.65 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 20

522
checked on Jan 22, 2020

Download(s)

120
checked on Jan 22, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.